Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O universo dos games pode ser bastante tóxico e repleto de ódio e assédio das mais variadas formas. Para dar fim a isso e tornar o ambiente saudável para todos os usuários, Sony, Microsoft e Nintendo deixaram a rivalidade de lado e fizeram uma união de forças contra o ódio e o assédio nos jogos virtuais.

A medida visa proteger, em especial, os jogadores mais jovens. A partir de agora, as gigantes dos games se unem para criar um conjunto de conceitos que deixam bem claro que jogadores tóxicos e abusos não serão tolerados, além de facilitarem a forma de reportar infrações e insultos.

publicidade
Sony, Nintendo e Microsoft se unem

Nintendo, Sony e Microsoft se unem para oferecer ferramentas de customização e de segurança fáceis de serem usadas, códigos de conduta e sistemas que previnem os abusos antes de eles ocorrerem.

O esforço contra o ambiente virtual tóxico não será apenas entre as gigantes dos games. As empresas também anunciaram que unem forças  com governos, agentes da lei e parceiros federais para promover a cibersegurança e deixar claro que a exploração, o ódio e o assédio não fazem parte do universo dos games.

Aos jogadores que se sentirem atacados, também é importante ressaltar que as denúncias de abusos também serão facilitadas. Nintendo, Sony e Microsoft se comprometem a avaliar e responder todas as solicitações legais das autoridades.

A ideia da união entre Sony, Nintendo e Microsoft é promover uma boa experiência de jogo em um ambiente virtual seguro e livre de ódio a todos os jogadores do mundo, independentemente de sua idade, gênero, etnia, crença, etc.

publicidade

Imagem: August de Richelieu / Pexels / CC.

Via Engadget.