Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Twitter anunciou hoje, em sua conferência para investidores, que pretende alcançar o dobro da receita em 2023, indo de US$ 3,7 para US$ 7,5 bilhões. Para isso, a rede social tem algumas armas como os Superfollows e outras novidades, com as quais espera chegar a 315 milhões de mDAUS. Mas, o que seria essa sigla tão estranha? Bem, trata-se de uma métrica própria dessa rede social, criada para contabilizar usuários monetizáveis diários.

Esse salto significa, em termos de projeção, um crescimento de 20% nos mDAUs por ano, o que é um desafio e tanto para a plataforma. No último semestre de 2020, o Twitter fechou o ano com 192 milhões de usuários – um milhão e meio a menos do que o projetado.

publicidade

O Twitter pretende alcançar o dobro de receita até 2023 investindo na expansão de sua audiência e, consequentemente, do mercado de anúncios. A esperança da rede social é de engajar mais através do desenvolvimento de novas ferramentas. Recentemente, a empresa adquiriu a plataforma de newsletters Revue, o app de filtros Chroma Labs e o app de podcasts Breaker.

Isso por si já diz algo para o que esperar dos novos produtos do Twitter, que parece estar experimentando com o que dá – ou atirando para tudo quanto é lado. O Twitter já vem pensando em lançar conteúdo pago por assinatura, mas afirma que não incluiu o serviço na projeção de crescimento.

Os citados Superfollows, outra novidade anunciada hoje, podem ser fazer parte das novas formas de receita do Twitter, e de sua estratégia para chegar ao dobro da receita. Através dela, os usuários podem pagar influencers e criadores de conteúdo, ao mesmo estilo do Patreon e afins. Além disso, está testando uma comunidade contra fakenews, o Birdwatch, e acelerou o passo par.a entrar na onda das redes sociais em áudio, através do Twitter Spaces.

Via TechCrunch

publicidade

Imagem: Solen Feyissa (Pexels)