Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Menos de um ano após seu lançamento, o Clubhouse ultrapassou a marca de 10 milhões de downloads, segundo pesquisa divulgada pela empresa de consultoria Sensor Tower nesta segunda-feira (22/02). Os números são emblemáticos, especialmente pelo fato de o app estar disponível apenas para usuários do iOS.

De acordo com a Sensor Tower, os Estados Unidos são o principal mercado do Clubhouse, com 2,8 dos aproximadamente 10 milhões de downloads (28% do total). O Japão vem em segundo lugar, com 1,5 milhões, e a Rússia em terceiro, com 784 mil. O Brasil ocupa a sexta posição, tendo ultrapassado mais de 308 mil instalações em fevereiro.

publicidade

“O Clubhouse é o grande app social de 2021”, disse Craig Chapple, analista da Sensor Tower. “Por ser apenas para convidados, ele supera o típico modelo de rede social facilmente acessível, tornando-o objeto de cobiça para aqueles que ainda não estão nele e estão ansiosos para ver o que estão perdendo.”

O Clubhouse é uma rede social baseada em voz exclusiva para iPhones. A única forma de você ter acesso aos grupos de áudio na plataforma é por meio de um convite de um membro.

Hype das celebridades

O burburinho em torno do Clubhouse começou no início de fevereiro, quando divulgou-se que o bilionário Elon Musk, dono da Tesla, e o presidente-executivo do Robinhood, Vlad Tenev, conversaram na plataforma. A partir deste mês, segundo dados da Sensor Tower, o número de downloads do app subiu para 7,7 milhões em comparação aos 2,4 milhões em janeiro – uma subida de 221%. “Em razão desse aumento de popularidade, é esperado que apps parecidos ou recursos semelhantes em apps já existentes surjam em um futuro não muito distante”, avalia Chapple.

Os concorrentes do app, de fato, já movimentam suas armas. O Twitter recentemente liberou 3 mil convites para experimentar o Twitter Spaces, seu recurso para chats de áudio. Da mesma forma, o Facebook também já está desenvolvendo um produto de bate-papo com áudio semelhante.

publicidade

Criado por Rohan Seth, ex-funcionário do Google, e Paul Davidson, empresário do Vale do Silício, o Clubhouse se define como uma “experiência social mais humana”. Atualmente, o valor do app está avaliado em US$ 1 bilhão.

Via Gadgets 360º

Imagem: Josh Rose/Unsplash/CC