Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Parece que a Apple acaba de encontrar um rival à altura no mercado de realidade aumentada: a Qualcomm revelou hoje o novo Snapdragon XR1 AR Smart Viewer, um design de referência para óculos virtuais. O modelo do wearable é voltado para empresas, que com ele, poderão desenvolver seus próprios aparelhos.

Com integração para PC, smartphones e outros dispositivos, o Smart Viewer estará disponível tanto para uso empresarial quanto de consumidores. Segundo a Qualcomm, o hardware do vestível, desenvolvido pela Goertek, permitirá “fácil escalação dos dispositivos de realidade aumentada para uso comercial”.

publicidade

reprodução do óculos de realidade aumentada da qualcomm ao lado do nome e logo

O periférico de referência virá com suporte a uma câmera RGB de 8 MB com estabilizador de imagem “Veja o Que Eu Vejo”, próprio para atendimento remoto e exibição de telas remotas. O aparelho também terá duas câmeras monocromáticas que reconhecerão gestos, movimentos de cabeça e mãos.

Esse dispositivo de realidade aumentada da Qualcomm usa uma tela micro-OLED com taxa de atualização em até 90Hz, para redução de borrão de movimento. Uma vez plugado com o smartphone, o vestível permitirá abrir aplicativos em telas separadas, ou múltiplas áreas de trabalho se sincronizados com o PC. Por fim, o aparelho também fará o streaming de plataformas pagas, como Netflix, diretamente em seus visores.

A Qualcomm já disponibilizou o óculos de realidade aumentada para parceiros como Microsoft, Lenovo e Nreal, mas não há previsão para modelos que usem o design de referência chegarem ao mercado. O Snapdragon XR1 AR Smart Viewer estará disponível em maior escala nos próximos meses. Aguardaremos para ver como o vestível compete com outros modelos do mercado.

publicidade

Via Tom’s Guide