Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Lançado oficialmente no mercado da China no último dia 26/01, o Motorola Edge foi flagrado com outro nome – Moto G100 – no Geekbench, indicando que o lançamento global do smartphone está próximo de se concretizar. E que a nomenclatura realmente será diferente da adotada no mercado asiático, como já indicamos por aqui. O teste no Geekbench foi revelado pelo leaker Abhishek Yadav em sua conta no Twitter, e mostrou que o desempenho do smartphone foi bastante satisfatório.

O G100 testado tem sob o capô o Qualcomm Snapdragon 870, mesmo do “irmão” Edge. Ele roda uma GPU Adreno 650, em conjunto com 8 GB de RAM e sistema operacional Android 11. A configuração rendeu ao smartphone 957 pontos no teste single-core e mais 2.815 pontos no multi-core. Vale lembrar que, na outra plataforma de testes, AnTuTu, o desempenho do Moto Edge com Snapdragon 870 também foi digno de elogios, com uma pontuação combinada de 679.860 pontos.

Sucesso de vendas

O G100, Motorola Edge rebatizado, foi um grande sucesso de vendas na China, comercializando 10 mil unidades do flagship em apenas dois minutos após os canais serrem abertos. A expectativa da Lenovo, proprietária da marca Motorola, é de que o G100 repita o desempenho do Edge fora da Ásia, e também impulsione os ganhos da marca no mercado global.

publicidade

Para conquistar o mercado global, o G100, ou Edge “chinês”, tem boas especificações disponíveis para os usuários. Se a Motorola repetir a estratégia adotada na China, além da versão com 8 GB flagrada no Geekbench, outras duas variantes serão oferecidas aos consumidores: uma mais básica, com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno e outra de ponta, com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. A versão inicial com 8 GB de RAM também terá armazenamento de 128 GB.

No que diz respeito ao conjunto óptico, o smartphone oferece câmera frontal dupla, com a lente principal de 16 megapixels e a secundária, ultra-wide, de 8 MP. A tela de 6,7 polegadas é LCD IPS, com resolução de 2520 x 1080 pixels, taxa de atualização de 90Hz e suporte para HDR10. Na parte traseira, o Edge S tem quatro sensores. O principal é de 64 megapixels, com abertura de F/1.7, que oferece suporte para captura de vídeo de 6K a 30 fps. A grande angular é de 16 MP, enquanto as demais são para efeito de profundidade de foco fixo de 2 megapixels e um sensor ToF (Time of Flight), ou de profundidade.

Via Notebook Check e GSM Arena