AplicativosJogosNotíciasNovo CEO da Amazon projeta crescimento da área de games

Paulo Amaral4 semanas atrás6 min

Andy Jassy, sucessor do bilionário Jeff Bezos no comando da Amazon, assegurou que pretende fazer a área de games da empresa crescer e começar a acompanhar o sucesso obtido em outros segmentos do entretenimento, como filmes e séries. Para isso, avisou que seguirá com os investimentos no AGS (Amazon Game Studios), hoje considerado setor deficitário da empresa, e que boatos diziam estar à beira da extinção.

“Embora ainda não tenhamos tido sucesso de forma consistente no AGS, acredito que o faremos se conseguirmos nos manter firmes. Ter sucesso imediato é obviamente menos estressante, mas quando leva mais tempo, geralmente é mais doce. Acredito que esta equipe chegará lá se nos mantivermos focados no que é mais importante”, avisou, em entrevista para a Bloomberg.

O novo CEO da Amazon não revelou exatamente quais planos têm em mente para a área de games da empresa, que hoje teria gastos anuais na casa dos US$ 500 milhões (R$ 2,67 bilhões). A ideia de Andy Jassy, porém, poderia passar pelo caminho escolhido em filmes e séries que acabou dando muito certo: a de investir em títulos próprios de jogos de videogame para sair adiante dos principais rivais.

Hoje a Amazon tem uma boa presença na área de games com a plataforma de streaming Twitch, na qual os usuários fazem transmissões ao vivo e interagem, via chat, com quem está assistindo aos gameplays ou campeonatos de jogos. O sucesso da empresa foi tanto que a Amazon investiu US$ 970 milhões (R$ 5,19 bi) para se tornar a dona do Twitch em 2014, um ano após ela ter alcançado uma média de 43 milhões de visualizações mensais. Nos Estados Unidos, a Amazon também conta com o Luna, serviço de streaming de jogos rival do xCloud, da Microsoft, e do Stadia, do Google. E é nesses rivais que a Amazon se espelhou para tentar brilhar no segmento de games.

Problemas internos?

A reportagem da Bloomberg pontuou que, antes de dar início a esse projeto, no entanto, o executivo tem um outro problema para sanar na área de games da Amazon. Mike Frazzini, chefe do Amazon Game Studios, estaria recebendo críticas por “não ter experiência com videogames” e por gerir a equipe com a “política do irmão”, ou seja, por não dar às mulheres a mesma oportunidade dada aos homens do time de apresentar suas ideias.

O próprio Frazzini, em um e-mail enviado ao seu time, assegurou que a divisão de games da Amazon tem “tolerância zero” com atitudes discriminatórias, assegurando que o ambiente de trabalho deve ser sempre “justo e inclusivo”. Andy Jassy tomou ciência da situação e já prestou seu apoio ao chefe da equipe, dando a entender que, pelo menos em um primeiro momento, não deverá mexer na estrutura do Amazon Game Studios para tentar alavancar o setor no mercado.

Via The Verge

Imagem: Jurveston/CC