AplicativosNotíciasUber quer comprar startup de entrega de bebidas Drizly por US$ 1,1 bilhão

Ronnie Mancuzo3 semanas atrás5 min

A Uber está em negociações avançadas para a efetivação da compra da startup Drizly, que realiza serviço de entregas de bebidas. Os valores do acordo chegam a US$ 1,1 bilhão e o marketplace da empresa adquirida integrará o app Uber Eats.

Recentemente, a Uber adquiriu uma das maiores empresas de entregas de alimentos e produtos essenciais dos EUA, em outra negociação com valores bastante expressivos. Na compra da Postmates por US$ 2,65 bilhões, o app da empresa adquirida permaneceu funcionando de forma separada. Da mesma forma, a Uber deve manter o app da startup de bebidas Drizly independente, porém, integrando sua rede combinada de comerciantes e distribuição ao app Uber Eats.

Crescimento da Drizly com serviços de entrega de bebidas alcoólicas

O sucesso da empresa fundada em 2012 é bastante notável, já que em poucos anos ela se tornou líder do serviço de entrega de bebidas alcoólicas sob demanda nos Estados Unidos. Com crescimento de mais de 300% ao ano, seu leque de clientes e mercado abrange 1400 cidades americanas. Entre os produtos entregues pela Drizly, estão cervejas, vinhos e destilados. Com a conclusão da transação, a startup se tornará uma subsidiária integral da Uber.

A negociação expõe que está sendo trabalhada uma maior abrangência geográfica e aumento de alcance da Uber. Como peça-chave nos planos da empresa, o app Uber Eats contará com o desempenho já efetivado da Drizly e pretende elevar sua influência nas regiões e mercados formados pela startup de bebidas. Em contrapartida, a Drizly também contará com uma maior exposição de sua marca.

Os serviços de entrega, bastante por conta das necessidades em meio à pandemia, são essenciais para as ambições já compartilhadas pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, que vê em 2021 um ano de lucros para a empresa. As ações que subiram cerca de 5% no pré-mercado diante das negociações com a Drizly reforçam as estimativas de Khosrowshahi.

A compra da startup deve ser finalizada em efetivo no primeiro semestre de 2021. A Uber antecipa que mais de 90% da contraprestação a ser paga aos acionistas da Drizly consistirá em ações ordinárias da empresa, com o restante sendo pago em dinheiro.

Via CNBC e TechCrunch

Imagem: Sundry Photography / iStock