JogosNotíciasGoogle fecha produtora de games do Stadia

Fábio Devito3 semanas atrás7 min

O Google anunciou nesta terça-feira (01/02) que não mais investirá na sua produtora de games Stadia Studios. A decisão está ligada ao custo de produção cada vez mais alto dos jogos, e a empresa de Mountain View alega um reposicionamento da marca como uma plataforma focada apenas no streaming de títulos de outras produtoras.

De acordo com Phil Harrison, vice-presidente e Game Manager do Stadia, a mudança nos planos da empresa ficaram claras após o desempenho da plataforma em títulos Triple A (grandes lançamentos) como Cyberpunk 2077, da CD Projekt.

O game, que foi um dos mais esperados de 2020, desapontou milhares de jogadores por bugs e falhas no desempenho em plataformas como o PS4, Xbox One e PCs. No entanto, graças ao processamento em nuvem do Stadia, o game se saiu surpreendentemente bem na plataforma de streaming, sendo considerada uma das mais adequadas para jogá-lo.

Assim, o executivo declarou que os objetivos do Stadia em 2021 serão o de otimizar ainda mais o serviço e trabalhar em conjunto com produtoras para trazer uma experiência aprimorada aos usuários. Com isso, os funcionários do Stadia Studios de Los Angeles e Montreal serão realocados em outros projetos da empresa.

Jade Raymond deixando a empresa

Apesar do anúncio em tom otimista, a decisão em fechar a produtora de jogos do Stadia aparentemente não foi harmoniosa.  A executiva Jade Raymond, conhecida pelo seu envolvimento em franquias importantes como The Sims e Assassin’s Creed e que havia sido trazida da Ubisoft para comandar os títulos do Google, não continuará na empresa.

De acordo com o anúncio do Google, Jade decidiu que seguirá em outros projetos no mercado. A executiva não se manifestou sobre o caso.

Conhecida pela produção de franquias como Assassin's Creed e Splinter Cell, Raymond chegou no Google para produzir jogos exclusivos ao Stadia. Foto: ZCooperstown/Wikimedia
Conhecida pela produção de franquias como Assassin’s Creed e Splinter Cell, Raymond chegou no Google para produzir jogos exclusivos ao Stadia. Foto: ZCooperstown/Wikimedia

A criação do Stadia Games & Entertainment, com a vinda de Raymond para o projeto foi um dos grandes atrativos do lançamento do Stadia, em 2019. Na época, o Google prometeu a criação de jogos exclusivos tão bons quantos os encontrados nos principais consoles da geração e a presença de Raymond também serviu de meio de campo para o fechamento de uma parceria com a Ubisoft para lançar Assassin’s Creed Odyssey como um dos principais títulos da plataforma em seu lançamento.

Stadia ainda pode receber exclusivos

Apesar do fechamento dos seus estúdios de games, o Stadia pode continuar recebendo jogos exclusivos de outras desenvolvedoras. Recentemente a plataforma recebeu o título Outcasters, da Splash Damage, mesma produtora de Gears Tactics. Outros três títulos feitos por outras produtoras também estão em andamento, mas ainda não foram revelados.

Via PC Gamer
Foto: ZCooperstown/Wikimedia