Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple encontrou uma maneira bem lúdica de mostrar quais mecanismos está adotando para garantir a privacidade de dados de seus usuários. Trata-se de uma apresentação, disponível em pdf, denominada A Day in the Life of Your Data (“Um Dia na Vida de Seus Dados”). Na apresentação, a empresa mostra os ataques diários à privacidade de dados sofridos por qualquer um de nós na forma de uma historinha ilustrada.

Além disso, a empresa também informou que os dados coletados, reunidos, compartilhados e monetizados, geram cerca de US$ 227 bilhões por ano.

publicidade
Um dia na vida de seus dados

A história conta um dia na vida de John e sua filha, Emma, mas não um dia qualquer, e sim o dia de um passeio no parque. Durante o passeio, vemos que o iPhone de John acessa pelo menos 4 aplicativos, coletando e rastreando os dados e localização da dupla.

Apple cria hisórinha para falar sobre privacidade dados

O pai dá uma olhada na previsão do tempo e trânsito, enquanto a filha joga no tablet. Fazem uma selfie e postam nas redes sociais. Além disso, passam numa sorveteria e o pai paga com cartão de crédito.

Ações cotidianas como essas permitem que informações sobre o consumo e hábitos sejam facilmente coletadas. Assim, após um dia na rua, os dados estão devidamente coletados por vários apps que capturam todo tipo de informações para traçarem perfis bem detalhados.

Ao final do dia, várias empresas, “abasteceram” seus perfis invadindo a privacidade de dados do pai (e sua filha). O pior é que, no mundo real, todos os dados são coletados e rastreados em vários apps que usamos todos os dias em nossos celulares, em alguns casos sem consentimento.

publicidade
Apple cria hisórinha para falar sobre privacidade dados - Print: Zirlene Lemos
Apple e a privacidade de dados

No documento a Apple garante tratar a privacidade “como um direito humano fundamental”. Além disso, a empresa conta que com os produtos e recursos de privacidade que desenvolve, “pode oferecer aos usuários mais transparência e controle sobre quanto dos dados serão compartilhados e como serão usados.”

Quanto à política de proteção e privacidade de dados nos dispositivos, a Apple oferece como opções: o Safari, o Apple News, o Apple Maps e o iPhone. Para transações com pagamento sugere o Apple Card ou Apple Play (é claro).

A empresa diz que ao adotar essas medidas de segurança, os dados de privacidade dos usuários estarão mais seguros. Também vale lembrar que se o usuário adotar todas essas recomendações, a Apple com certeza vai seguir na liderança entre as empresas mais bem-sucedidas e lucrativas do mercado.