Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A FAA (Administração Federal de Aviação) dos Estados Unidos aprovou o primeiro voo de drone comercial totalmente automatizado no país. Seguindo algumas exigências, a American Robotics tem permissão para que seu quadricóptero Scout voe além da linha de visão de operadores humanos.

Drone Scout voando em um céu sem nuvens

publicidade

A empresa de Marlborough, Massachusetts está autorizada a realizar voos exclusivamente com fins de pesquisa e desenvolvimento, treinamento de tripulação e pesquisas de mercado. Para a American Robotics, a decisão significa um marco fundamental para a indústria de drones comerciais. Já para a FAA, foi dado um passo importante para o uso dessa tecnologia em diversos segmentos nos Estados Unidos. Como, por exemplo, transporte, mineração e agricultura.

Exigências para poder voar

Apesar de aprovado para poder realizar os voos, o drone comercial Scout deverá respeitar algumas exigências. Os voos só poderão ocorrer em áreas rurais, sob a luz do dia e em altitudes abaixo de 120 metros. Outra exigência tem relação com o peso dos aparelhos, que não deverão ter mais que nove quilos.

Em seu documento de autorização, a FAA também aponta a obrigatoriedade da empresa operadora em designar um piloto remoto, que será responsável por cada voo realizado. Essa pessoa terá a responsabilidade de coletar e registrar informações, além de garantir a segurança durante todo o trajeto feito pelo drone comercial aprovado.

Tecnologia DDA

Drone Scout na base

publicidade

O drone comercial Scout aprovado pela agência norte-americana usa a tecnologia DDA (Detected and Avoid) que, como o nome diz, detecta outros corpos e evita colisões. Resumidamente, é um sistema acústico que traz segurança para os voos ao permitir que os quadricópteros mantenham uma distância segura de outras aeronaves.

A American Robotics afirma que demonstrou a segurança das viagens automatizadas realizadas pelos seus aparelhos durante quatro anos de testes em oito estados norte-americanos. Agora, após a aprovação da FAA, o drone Scout realizará seus primeiros voos autônomos em operações agrícolas no estado do Kansas, em Massachusetts e em Nevada.

Via The Next Web