Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple pode estar prestes a trazer de volta para o iPhone o sensor para leitura de impressão digital. O Touch ID, como a Apple chama o recurso, havia sido abandonado desde o iPhone X, em 2017, substituído pelo Face ID. Como o nome indica, esse recurso mais recente destrava o aparelho pela leitura biométrica da face do usuário.

O iPhone 12 veio com o Face ID em tempos de Covid. Acontece que, em que se pese o sucesso, ninguém está conseguindo destravar o iPhone 12 fora de casa, precisando digitar um PIN. Porque, por razões óbvias, o sensor não funciona direito com alguém de máscara. A opção seria o usuário retirar a máscara toda hora em que for necessário desbloquear o iPhone. O que arrisca pegar ou transmitir a infecção.

publicidade

Eis que a solução pode ser o retorno do sensor de digital para aumentar o número de opções para desbloqueio dos aparelhos Apple. Ainda que o iPhone 12 já seja  21% mais caro para ser produzido que o iPhone 11, parece ser bastante necessária a inclusão desse novo recurso o quanto antes. É certo que um sensor de digital de primeira qualidade tende a exigir um aumento considerável no custo da produção, o que acabaria aumentando o preço final do iPhone. Ainda assim, é o que pode estar prestes a acontecer no iPhone 13.

Touch ID na lateral do iPhone

Tudo indica que o local mais adequado para inclusão de um Touch ID, em um primeiro momento, seja junto ao botão de desligar, na lateral direita do aparelho. Esse novo velho recurso viria somar ao Face ID dos aparelhos, que não seria excluído. E também pode ser uma possibilidade mais viável agora do que uma leitura de digital feita pela tela do iPhone. Indícios são os pedidos de patentes da Apple, que já revelaram interesse da fabricante no desenvolvimento de dispositivos com telas que possam realizar a leitura de impressão digital.

De qualquer forma, o uso de máscaras parece que vai ser realidade por um bom tempo, com um mundo em pandemia, interferindo na praticidade do Face ID. Com isso, a Apple realmente pode estar considerando muito imediata a inserção de sensor de digital em seus futuros lançamentos.

Via Gizbot

publicidade