Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um par de patentes da Apple revela um MacBook que poderia carregar sem fio a bateria de um iPhone, iPad e um Apple Watch. Essa função de carregamento seria realizada por um sistema magnético, possivelmente parecido com o sistema MagSafe, que foi lançado com o iPhone 12 em 2020 (não confundir com o antigo MagSafe dos MacBooks).

O MacBook já pode ser utilizado para carregar outros dispositivos da Apple que estejam conectados a ele por meio de cabos USB de 12W e de 10W. O modelo de carregamento indutivo que aparece nas patentes recebidas pela Apple hoje não apresenta um alcance de potência possível. Mas dificilmente será um nível muito alto, tendo em vista a disposição das bobinas mostrada nas ilustrações.

publicidade
Como funcionaria

Conforme as ilustrações, três bobinas de carregamento indutivo estariam alocadas sob a estrutura do MacBook aberto. Assim, ele poderia carregar não só um iPhone e um Apple Watch, mas também um terceiro dispositivo.

Já com o MacBook fechado, as ilustrações contam com a existência de nove campos de carregamento indutivo distribuídos. Nesta situação, e conforme ilustrado, há a possibilidade de carregamento de mais de dois dispositivos de forma simultânea, um em cima do outro, numa mesma área ocupada por três bobinas.

ilustrações das patentes com as formas de carregamento possíveis

A Apple obteve sua primeira patente para um MacBook capaz de carregar um iPhone sem fio em 2016. Na documentação liberada agora, houve o acréscimo de 40 novas reivindicações de patentes sustentando esta funcionalidade.

publicidade
O passado, presente e futuro do MagSafe

O sistema magnético de conexão da Apple foi criado para evitar que um usuário derrubasse seu MacBook no chão caso tropeçasse no cabo. Como ele era preso por ímãs, se soltava facilmente, evitando o acidente. Seu período com mais atividade, principalmente no MacBook, foi entre 2006 e 2016, quando a Apple passou a utilizar carregadores com o adaptador no formato USB-C.

No ano passado, a Apple aproveitou o ótimo nome para a tecnologia de carregamento indutivo do iPhone 12. Além disso, o novo MagSafe conta inclusive com capas específicas que permitem essa função e um MagSafe Duo, que como o próprio nome diz, carrega dois aparelhos simultaneamente.

É claro que a existência dessas patentes não significa que esses produtos serão mesmo produzidos, mas caso isso aconteça, a funcionalidade será muito bem-vinda. Quem não ia querer um MacBook capaz de carregar um iPhone sem a necessidade de fios?

Via Patently Apple