Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Qualcomm, uma das líderes em processadores para smartphones no mundo, começou o ano com mudanças importantes. O atual CEO da Qualcomm, Steve Mollenkopf, acabou de anunciar sua aposentadoria, após uma trajetória de 26 anos na empresa. Com isso, o brasileiro Cristiano Amon, que é o atual Presidente e também “a cara” da marca, irá substituí-lo no cargo.

Durante seus 6 anos como CEO da Qualcomm, Mollenkopf presenciou o grande crescimento da empresa, mas também teve que enfrentar grandes problemas. Contam para seu currículo um processo judicial em que a Qualcomm foi condenada nos EUA por violação da lei antitruste, alegações de comportamento anticompetitivo no mercado e uma batalha fervorosa contra a Apple.

publicidade

Mesmo depois disso tudo ter sido resolvido, o cenário para o futuro CEO não parece de calmaria. O escolhido pela mesa diretora para o cargo foi Cristiano Amon, que é o atual presidente da empresa e seu principal representante na mídia e eventos oficiais (como este em que revelou ao mundo o mais recente Snapdragon 888). 2021 será um ano crucial para a Qualcomm, que aposta tudo em smartphones com tecnologia 5G, desde os topos de linha até modelos mais básicos, com o lançamento do Snapdragon 480 ontem,

Ainda não se sabe quem vai assumir o cargo de Cristiano como presidente, ou se ele irá acumular os cargos, mas a Qualcomm terá quase um semestre inteiro para tomar essa decisão. Steve Mollenkopf sai da empresa oficialmente em junho, quando o brasileiro passa a ser integralmente o novo CEO.

Via The Verge

publicidade