Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O Twitter tem tomado algumas atitudes para se tornar uma rede social mais segura em diversos sentidos. No âmbito do conteúdo, a plataforma desenvolveu, recentemente, um mecanismo que alerta o usuário sobre possibilidade de fake news ao curtir um tweet suspeito. Agora, o Twitter quer implementar chaves físicas para login.

Chaves físicas? Não é exatamente uma chave como da porta, mas é um objeto físico para proteger coisas na internet. Um pen drive.

publicidade

É um tipo de 2FA (autenticação em dois fatores). Normalmente, o outro fator (de certa forma, também físico) é o celular. Ao habilitar essa opção no Twitter, além de usuário e senha, será preciso digitar um código enviado por SMS, escaneando um QR code com um app de autenticação ou recorrendo a uma chave física de segurança. Ao optar por esta última opção, o site libera uma chave para download que deve ser transferida para um pen drive. Quando precisar logar na rede social, precisará conectar o dispositivo no PC.

Contas invadidas

Com a nova atualização, esse padrão de chaves físicas também está disponível para smartphones. O procedimento ainda é um pouco complicado, afinal precisa ativar a opção primeiro no desktop e depois parear com o celular.

A mudança vem num surto de contas verificadas hackeadas no Twitter. As mais recentes foram do Elon Musk, da Apple e do presidente eleito dos EUA Joe Biden. Nelas, os invasores chegaram a tuitar pedindo que seguidores transferissem uma quantia em bitcoin para uma conta. A atualização veio como uma forma de reduzir esse tipo de atividade maliciosa, já que esse novo método de acesso ao Twitter requer que a pessoa tenha as chaves físicas na mão para logar.

Via Make Use Of

publicidade