Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

As controvérsias em torno do funcionamento do iPhone 12 vêm crescendo a cada dia. No início desta semana, por exemplo, um vídeo do youtuber Aaron Zollo demonstrou que o novo modelo da Apple só funciona em sua potência ideal – 15W – com o MagSafe Charger. Trata-se de um detalhe problemático, uma vez que a Apple omite essa restrição no manual do adaptador e não avisa que o iPhone 12 carrega mal terceiros.

No vídeo, Zollo experimenta vários carregadores com potência superior ao MagSafe, mas nenhum chega perto de alcançar os 15 watts prometidos. Para se ter uma ideia, um adaptador com potência de 18 watts para o iPhone 11 Pro trabalha a apenas 13 watts. Já um carregador mais robusto, com 96 watts de potência e produzido para o MacBook Pro, alcança apenas 10.

publicidade

A coisa fica pior quando se recorre a uma fonte de outra marca. Com um Aukey Charger de 65 watts, por exemplo, o novo modelo alcança uma medíocre velocidade entre 9 e 10 W. Resultados mais insatisfatórios também são obtidos com carregadores de Samsung e Anker, ou seja, o iPhone 12 carrega mal terceiros.

O site oficial da Apple explica que é possível fazer a recarga no iPhone 12 com modelos próprios ou de outra marca, desde que estejam em conformidade com padrões de segurança. O que parece implícito, entretanto, é que a empresa está tentando pressionar os usuários do novo modelo a substituir suas fontes de energia antigas. O que é exatamente o oposto da promessa de proteção ambiental feita no lançamento do iPhone 12.

Nos Estados Unidos, o MagSafe Charger está disponível por US$ 39. No Brasil, os novos iPhones 12 ainda não têm data de lançamento ou preço confirmado.

publicidade

Via: Gizchina.