Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O mercado indiano é bem competitivo, e costuma se sobressair quem aposta em custo x benefício. Por isso a Samsung vem perdendo espaço para chinesas. Também é a razão pela qual OnePlus e Xiaomi colocaram intermediários avançados nas prateleiras de lá. O Nord 2, porém, pode estar apresentando comportamento atípico: uma unidade explodiu no bolso de uma usuária, e o celular teria ficado completamente destruído.

Ela estaria pedalando quando o OnePlus Nord 2 explodiu em sua bolsa. O primeiro sinal de que algo estaria errado foi a fumaça. O susto causado provocou um acidente com a usuária. As imagens mostram que pouco sobrou do smartphone recém-lançado, que estaria sendo utilizado há apenas cinco dias.

publicidade

Já ciente do problema, a OnePlus teria solicitado maiores detalhes diretamente à usuária em uma resposta ao tweet original, agora apagado. De qualquer forma, as investigações que serão feitas agora poderão apontar a causa da bateria explosiva. Fato é que este é o primeiro caso de explosão do celular intermediário. Só isto não apontaria para um problema significativo de produção — no máximo para erro estrutural em uma das unidades.

publicidade
OnePlus não quer que Nord 2 fique com fama de celular explosivo

Um celular que começou a explodir, e depois acabou sendo descontinuado por esse motivo foi o Galaxy Note 7. Comprovadamente erros de produção criaram um celular com tendência a causar explosões. Muitos casos chegaram à mídia, e o smartphone chegou a ser proibido em voos domésticos. A sul-coreana reduziu sua bateria, implementou novos protocolos de segurança na cadeia produtiva, e o relançou como Note FE (a primeira Fan Edition!).

Vale lembrar, o OnePlus Nord 2 é o mais recente investimento da chinesa em celulares intermediários. Após uma tentativa fracassada com o OnePlus X, a empresa passou anos na zona segura dos smartphones flagships. Desde 2019, porém, voltou a se arriscar neste segmento. Agora é aguardar pela conclusão das investigações da OnePlus sobre o caso.

Via Gizbot e Phone Arena