Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple é a empresa mais lucrativa do mundo, e aparece no sexto lugar na lista da revista Fortune, a Global 500. Em 2019, a big tech ocupava o 12º lugar no ranking das maiores empresas do mundo, e em 2020, a posição saltou para o terceiro lugar, ocupando hoje o topo da tabela.

Para a Fortune, “a pandemia criou desafios e oportunidades para a Apple.” O ranking pode ser acessado na íntegra no site da revista. Segundo o Global 500, a Apple ocupou a posição por fechar o ano fiscal de 2021 com lucro de 57 bilhões de dólares, maior do que o ano de 2020, quando a empresa fechou em 55 bilhões.

publicidade

Vale lembrar que, em termos econômicos, lucro compreende o faturamento total da empresa, menos os custos de produção — daí a diferença de posições. É provável que o lucro venha do aumento não apenas de seus dispositivos, mas do aumento de assinaturas em seus ecossistemas, como o Apple TV.

O salto no placar desbancou a petroleira Saudi Aramco, que ocupava a primeira posição como empresa mais lucrativa nas duas listas anteriores. O parecer da Fortune sobre o salto da Apple como empresa mais lucrativa do mundo se dá por conta de como as atividades financeiras da empresa estiveram em alta, mesmo durante a pandemia da Covid-19.

Apple é a sexta no ranking de faturamento total

O mesmo ranking da Fortune lista a Apple em sexto lugar nas empresas com maior faturamento no ano, com os três primeiros lugares ficando, respectivamente, com a rede Walmart, a estatal chinesa State Grid e a big tech e varejista Amazon.

De qualquer forma, é um ano feliz para as contas da Apple. Ainda no começo do ano, a Apple havia retomado o lugar de marca mais valiosa do mundo após cinco anos, conforme o ranking da Brand Finance Global. No mesmo período, os números do último trimestre fiscal da empresa chegaram a 111 bilhões.

publicidade

Via 9to5Mac