Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

As Fan Edition da Samsung tem como ideia oferecer a experiência de alguns produtos premium em um conjunto de hardware mais modesto e menos caro. Vimos isto com o S20 FE, por exemplo. Mas parece que se tratando de tablets, a empresa está ignorando isso. O Galaxy Tab S7 FE chegou ao Brasil — e custa tão caro quanto seu irmão, um verdadeiro flagship.

Com processador Snapdragon 750G, 6 GB de RAM, 128 GB de armazenamento interno, e uma bateria de 10.090 mAh, o aparelho tem tela LCD de resolução Quad HD, em 12,4 polegadas e taxa de atualização de apenas 60Hz. Não fosse seu preço de R$ 5 mil para o mercado nacional, poderia oferecer ao consumidor hardware mais avançado que o de tablets da linha Galaxy Tab A. Mas, nesta faixa de preço briga com dispositivos bem mais interessantes.

publicidade

Imagem do Samsung Galaxy Tab S7 FE

O próprio Galaxy Tab S7, que tem câmera dupla, Snapdragon 865 Plus, e grava a 4K, está saindo a R$ 5.250 no site da Samsung — e por volta de R$ 4,5 mil no varejo. O iPad de oitava geração também com 128 GB custa por volta dos mesmos R$ 5 mil — e oferece muito mais performance, dada a diferença entre os chips.

Promoção de lançamento do Galaxy Tab S7 FE oferece um Galaxy Buds Live

Já disponível no Brasil, quem comprar um Galaxy Tab S7 FE até o dia 31/07 ganha um Galaxy Buds Live sem custos adicionais. Se trata do fone Bluetooth da empresa lançado no ano passado, que se assemelha ao formato de cápsulas e é um dos poucos modelos não intra-auricular da companhia. O tablet vem com a caneta S-Pen na caixa, e ela pode ser guardada no encaixe magnético na traseira do tablet.

O Tab S7 FE chega ao Brasil nas cores preto e prata, e a boa notícia é que o dispositivo de R$ 5 mil não chega com variantes Wi-Fi ou LTE, todos os modelos contam com conectividade 4G (5G fica para outros tablets mais avançados e ainda mais caros).

publicidade