Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

A empresa de compartilhamento de corridas Uber lançou nos EUA um novo serviço, o Uber Pets, que permite ao passageiro chamar diretamente um motorista que aceita levar animais de estimação em seu carro. Essa nova opção do Uber deve cobrar uma taxa extra para levar o dono e seu pet para o destino escolhido.

A opção Uber Pets aparece diretamente na interface do app de compartilhamento de corridas. A opção vai depender de haver motoristas dispostos a levar animais de estimação nas suas proximidades. Vale apontar que animais de estimação só podem viajar acompanhados de um humano.

publicidade

Por pets, é justo supor que os motoristas de Uber que aceitam essa opção de corrida estejam esperando cachorros e gatos, devidamente contidos com coleira ou em caixa de transporte. Para quem precisa levar, digamos, sua cobra de estimação ao veterinário, ainda é uma boa ideia entrar em contato com o motorista para evitar problemas de última hora. O Uber também aconselha os donos a levar um lençol ou cobertor na viagem para evitar fazer sujeira no carro do motorista.

Adaptador de cinto de segurança é recomendável

Outra dica importante para quem tem animais de porte maior é comprar um adaptador de cinto de segurança para coleira. Em caso de acidente, um cão de grande porte solto no banco traseiro pode ferir gravemente os outros passageiros e o motorista. O Uber também deixa claro que animais de estimação não estão cobertos por seus termos de seguro de acidentes para pessoas e veículos.

No Brasil, a opção Uber Pets ainda não está disponível. Quem quer transportar seus animais de estimação num Uber hoje precisa conversar primeiro com o motorista, especificando claramente o tamanho do pet, para saber se ele aceita fazer a viagem ou não. Segundo as políticas do Uber, animais de serviço, treinados para ajudar pessoas com deficiência, podem viajar em qualquer veículo inscrito na companhia.

Via Android Police

publicidade

Imagem: Jesus Trevizo / Pexels