Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Samsung revelou na última terça-feira (22/06) durante o evento Samsung Networks: Redefined novos chips para aumentarem a cobertura 5G da empresa. Os novos chipsets compatíveis com 3GPP Rel.16 são: um RFIC (chip de Circuito Integrado de Rádio Frequência) mmWave de terceira geração, um modem 5G System-on-Chip (SoC) de segunda geração e um chip integrado Digital Front End (DFE)-RFIC.

Durante a apresentação, a Samsung disse que os chips devem começar a chegar nos aparelhos da marca em 2022 e serão usados principalmente para aumentar o desempenho da conexão 5G, com maior eficiência energética e uma rede mais completa.

publicidade

“Este chipset recém-revelado é o componente fundamental das nossas soluções 5G de última geração, desenvolvidas por meio de um esforço de P&D de longa data que habilita a Samsung estar na vanguarda do fornecimento de tecnologias 5G de ponta. Como uma das maiores empresas de semicondutores do mundo, estamos comprometidos em desenvolver os chips mais inovadores para a próxima fase do avanço 5G, integrados com os recursos que as operadoras móveis procuram para permanecerem competitivas”, disse Junehee Lee, chefe de redes da companhia.

Novos chips 5G da Samsung

O RFIC mmWave de 3ª geração é uma nova versão do chip lançado em 2017. O chip consegue reduzir o tamanho da antena em quase 50%, maximizando o espaço interior do rádio 5G. Além disso, os desenvolverdes prometem um modelo mais leve e com maior eficiência energética.

Já o SoC de modem 5G de 2ª Geração é a segunda versão do modelo lançado em 2019. A Samsung diz que o chip “habilitará a próxima unidade de banda base da Samsung para ter o dobro da capacidade enquanto reduz o consumo de energia por célula pela metade”.

Por último, o Chip integrado DFE-RFIC também atualiza um modelo de 2019. Dessa vez, o chip junta RFIC e DFE para espectros abaixo de 6GHz e mmWave. Assim, é capaz de reduzir do tamanho, aumentar a largura da banda de frequência e aumentar a potência de saída.

publicidade

“Os chipsets 5G são essenciais para atingir os recursos de desempenho necessários para implementações de rede de próxima geração. A expertise de longa data da Samsung no desenvolvimento interno de chipsets é um diferencial chave, posicionando-a como líder na entrega de soluções de rede 5G com os recursos e benefícios que as operadoras buscam para avançar em suas estratégias 5G”, afirmou Anshel Sag da Moor Insights & Strategy, parceira da Samsung no desenvolvimento.