Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou esta semana o mYoga, um app gratuito que orienta usuários em sessões de yoga guiadas por vídeo. A ferramenta oferece módulos para aprendizado dos asanas, instruções nas seis línguas das Nações Unidas (português não está incluso) e biblioteca das posturas, além de sessões que vão de três a quarenta e cinco minutos de práticas.

O app é desenvolvido em conjunto com a International Telecommunications Union e com a iniciativa BeHe@lthy, BeMobile, que desenvolve produtos eletrônicos para a promoção de saúde digital. As posturas reproduzidas no mYoga foram gravadas e orientadas pelo Instituto Nacional de Yoga Morarji Desai, em conjunto com a unidade de medicina integrativa da OMS.

publicidade

Este app de yoga não é o primeiro dos utilitários da OMS destinados ao auxílio da população mundial durante a pandemia. Meses atrás, a instituição lançou um chatbot no WhatsApp com informações sobre as vacinas da Covid-19, para auxiliar no combate às fake news. A mesma organização lançou, em março do ano passado, um app para auxílio à prevenção ao coronavírus.

Medida é parte do plano de ações da OMS para combater sedentarismo

OMS lança app mYoga

Conforme o anúncio da OMS, o app faz parte do Plano Global de Ações em Atividade Física da instituição, que, de 2018 a 2030, aplicará medidas contínuas para combater o sedentarismo. A organização estima que a prática rotineira do yoga seja uma ferramenta valiosa para promover a saúde através do exercício físico — que, no caso de adultos, é de um mínimo de 150 minutos de atividade moderada semanalmente.

Como o foco da organização é abranger o máximo de usuários possíveis mYoga não exige requisitos muito pesados. O app de yoga da OMS pede um mínimo 42 MB de espaço de armazenamento e as versões 5.0 do Android, ou 10.0 do iOS. Interessados podem encontrar o aplicativo no Google Play ou na App Store.

publicidade

Via SlashGear

Imagem: Elle Fairytale/Pexels/CC