Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Lenovo anunciou nesta terça-feira (22/06) o K13 Note, mais novo celular de entrada da marca, que é exatamente igual a um smartphone que deu as caras aqui no Brasil na última semana de março. Dona da Motorola, a Lenovo resolveu lançar lá fora uma versão do Moto G10 com seu selo próprio.

O Lenovo K13 Note tem exatamente o mesmo design e as mesmas configurações do modelo Motorola. Isso inclui a tela LCD IPS de 6,5 polegadas, com resolução HD+ e taxa de atualização de 60Hz, a câmera de selfie de 8 megapixels e o conjunto óptico traseiro. Ele é formado por uma lente principal de 48 MP, uma ultrawide de 8 megapixels e outras duas, macro e de profundidade, de 2 MP cada.

publicidade
Iguais por fora e por dentro

Imagem mostra o Lenovo K13, Moto G10 rebatizado na Rússia

O Lenovo K13 Note e o Moto G10 são idênticos por fora e por dentro. O processador sob o capô do modelo anunciado lá fora também é o Qualcomm Snapdragon 460, octa-core que trabalhará acompanhado de 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, expansível via cartão microSD.

A bateria, assim como a do modelo Motorola lançado no Brasil, é de 5000 mAh, com suporte a carregamento de 10W. O preço do Lenovo K13 Note na loja oficial (a Lenovo da Rússia) é de 11.990 rublos, valor equivalente a R$ 821 no Brasil, na conversão direta.

Por aqui, o Moto G10, “irmão gêmeo” do basicão, foi lançado por praticamente o dobro do preço, possivelmente pelas taxas de importação: R$ 1.699. Ambos saem de fábrica rodando o sistema operacional Android 11.

publicidade

A Lenovo ainda não confirmou quais mercados da Europa e da Ásia receberão o K13 Note, Moto G10 rebatizado. Não custa lembrar que o modelo K13 (sem o Note), com configurações ainda mais básicas, principalmente no conjunto de câmeras, foi certificado na Ásia em fevereiro.

Via Playfuldroid