Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Faz pouco mais de dois meses que a Lenovo colocou o K12 no mercado e seu sucessor, o K13, já parece estar a caminho. Segundo renderizações publicadas pelo site 91 Mobiles, criadas a partir das informações publicadas pelo leaker Sudhanshu no Twitter, ele deixará poucos mistérios para serem desvendados até a efetiva apresentação oficial da fabricante. Assim como o antecessor, uma certeza é a de que o Lenovo K13 será um smartphone de entrada, ou seja, com especificações básicas e, por conta disso, bastante acessível ao bolso do consumidor.

A expectativa, embora ainda não confirmada, é que o K13 seja vendido na mesma faixa de preço cobrada pela Lenovo nos modelos K12. À época do lançamento, em dezembro do ano passado, o K12 mais simples foi vendido por 699 yuans (R$ 586,60, na conversão atual, sem impostos ou taxas), enquanto a versão Pro saiu por 999 yuans (R$ 838,36, na conversão atual, também sem a inclusão de qualquer taxa de importação). Pelas imagens renderizadas, ele será disponibilizado em duas cores: vermelho e azul. O K12 chegou ao mercado em ciano escuro e em roxo.

Especificações

Como já foi dito, as especificações do Lenovo K13 devem ser compatíveis com um celular que tem como principal objetivo atingir um público sem grande poder aquisitivo. Segundo o leaker, ele será lançado sem acesso à tecnologia 5G, ou seja, com conexão 4G LTE. O sistema operacional escolhido foi o Android 10 e o processador octa-core, com clock de 1,6 GHz (talvez o Snapdragon 720?) e 2 GB de RAM. O armazenamento interno é de 32 GB, mas o usuário poderá expandir, se quiser, via cartão microSD.

publicidade

O conjunto óptico do Lenovo K13 também é bastante básico. Ele conta com duas lentes na traseira, sendo a principal de 13 megapixels e o secundário de 2 MP. A câmera frontal, para selfies e videochamadas, é de 5 megapixels. O sensor de impressão digital será na parte central traseira do aparelho. O K13 terá tela HD+ de 6,5 polegadas, igual à do antecessor, mas menor do que a do K12 em sua variante Pro, que era de 6,8 polegadas.

Há também a possibilidade de o smartphone suportar dual SIM e utilizar cabo USB-C para carregamento e transferência de dados, mas essas informações, assim como a capacidade da bateria, ainda não foram divulgadas. De acordo com o site Gizmo China, há também a possibilidade de o Lenovo K13 ser “rebatizado” como Moto E7i Power, já que o número de certificação registrado no site Bluetooth SIG – XT2097-15 – é uma variante do modelo da Motorola. Vale lembrar que o K12 Pro nada mais é do que o Moto G9 Power rebatizado.

Via 91 Mobiles