Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Motorola foi além de anunciar o G100 no Brasil e trouxe também opções mais econômicas. Os Moto G10 e G30 foram lançados, e focam em públicos distintos. A estratégia de nomeação dos modelos parece seguir um conceito implementado pela Samsung com a linha A, na qual quanto maior a numeração, maior o poder de fogo do celular. Por isso temos aqui um dispositivo básico, e outro intermediário.

Moto G10 é um grande basicão

Moto G10 em montagem com frente e verso

publicidade

Começando pelo Moto G10, ele chega com o destaque de oferecer bateria 5000 mAh recarregável a 10W. Ele já sai de fábrica com Android 11, e tem chip Snapdragon 460. Ao lado disso temos 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno, expansível via microSD. Sua tela tem 6,5 polegadas e resolução HD.

Outro ponto interessante do produto mais básico dessa geração é a presença de um conjunto quádruplo de câmeras na traseira, o que inclui sensor principal de 48 MP. Há ainda lente ultrawide de 8 MP, macro de 2 megapixels, e um sensor de profundidade para modo retrato. A frontal tem 8 MP. Já sobre conectividade temos Bluetooth 5.0, 4G LTE, suporte Dual SIM, NFC, e porta USB-C, além da rara conexão P2 para fones de ouvido com fio. Há ainda sensor de impressão digital.

Moto G30 traz alta taxa de atualização

 

Moto G30 em montagem com aparelho frente e verso

publicidade

Já o Moto G30 eleva o nível ao trazer o chip Snapdragon 662 ao lado de 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, também expansível via microSD. Chama a atenção a presença de uma tela de 6,5 polegadas que, apesar de manter a resolução HD, traz taxa de atualização de 90Hz.

A bateria também é de 5000 mAh, mas pode ser recarregada com o dobro da potência: 20W. O conjunto de câmeras na traseira também é quádruplo, preservando as lentes ultra-wide, macro e de profundidade do Moto G10. Aqui, o que é muda é que o sensor principal traz 64 megapixels. A frontal também conta com mais resolução: 13 MP. O celular também sai de fábrica com Android 11, incluindo os mesmos recursos de conectividade do seu irmão Moto G10.

O Moto G30 vai ainda com uma “assinatura olfativa” exclusiva na caixa, uma fragrância criada pela Motorola em parceria com a Firmenich, por alguma razão.

Preço e disponibilidade

Se você curtiu algum dos aparelhos lançados, a boa notícia é que eles já estão disponíveis para a venda no Brasil, com o Moto G10 tendo preço sugerido de R$ 1.699 e o G30 R$ 1.899. A diferença de preço não é muito grande, mas o salto de recursos entre eles sim, então vale a pena avaliar se é possível pegar o modelo mais avançado.

Vale lembrar que o Moto G100 também foi lançado, mas a um preço muitíssimo mais elevado. Todos os novos lançamentos da Motorola trazem suporte a dois idiomas indígenas brasileiros, conforme revelado pela companhia hoje (25/03).