Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O plano do Facebook de testar a veiculação de anúncios publicitários em ambientes de realidade virtual terá que ser adiado. Nesta terça-feira (22/6), a Resolution Games, empresa responsável por abrigar o experimento na plataforma Oculus Quest, anunciou sua desistência temporária do projeto. Inicialmente, os anúncios do Facebook seriam testados no jogo de tiro Blaston, uma ideia que sofreu enorme rejeição do público, especialmente pelo fato de o game ser monetizado.

“Agradecemos os comentários e opiniões sobre o teste de anúncios da Oculus para Blaston e outros jogos anunciados na semana passada”, disse o CEO da Resolution Games, Tommy Palm, em comunicado ao site The Verge. “Alguns pontos importantes foram levantados e percebemos que Blaston não é a melhor opção para esse tipo de publicidade. Portanto, não vamos mais implementar o teste em Blaston.”

publicidade

Isso não significa, no entanto, que a Resolution desistiu completamente da iniciativa. Tanto que Palm estuda a viabilidade de transferir o teste para o jogo gratuito Bait! “em algum momento no futuro”. “Se anúncios em realidade virtual se tornarem inevitáveis como já acontece em outras plataformas, queremos garantir a possibilidade de fazê-lo da forma correta, se tivermos essa chance de começar novamente”, explicou o executivo.

O Facebook reconheceu a decisão da Resolution e não confirmou se os dois outros desenvolvedores mencionados na iniciativa (os nomes não foram revelados) continuarão a participar do projeto. “Oferecemos uma série de ferramentas e suporte para desenvolvedores para que eles possam usar o que seja melhor para seus negócios a longo prazo”, disse um porta-voz da empresa ao Verge. “A abertura de novos fluxos de receita para desenvolvedores nos ajudará a desbloquear novos tipos de conteúdo na plataforma Oculus e oferecer produtos a preços amigáveis aos consumidores”, concluiu.

Alto investimento em realidade virtual

Nos últimos anos, o Facebook vem investindo alto em realidade virtual e aumentada — um a cada cinco funcionários da empresa atua em projetos do tipo — e, por conta disso, adotando uma estratégia agressiva para recuperar seus investimentos. Semana passada, além de anunciar o teste de anúncios publicitários no ambiente de realidade virtual do Oculus, a empresa concluiu a aquisição da BigBox VR, desenvolvedora do jogo de battle royale Population: ONE.  Lançado no fim do ano passado, Population: ONE já somou mais de US$ 100 milhões em receita na Oculus Store.

Imagem: Remy Gieling/Unsplash/CC

publicidade