Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Infinix está cada vez mais perto de mandar ao mercado seu novo smartphone, com carregamento super rápido de 160W, mas até hoje ele ainda não havia sido “batizado”, e seu nome será Infinix Zero X. Essa informação é do famoso leaker Ice Universe, mas fora isso, não existe nenhuma confirmação de que esse será o nome do futuro lançamento da marca.

O informante fez um post em sua conta no Twitter (veja abaixo) compartilhando como será o design do Infinix Zero X e as informações sobre o carregamento da bateria. De acordo com as informações desta terça-feira (22/06), o visual será o mesmo descoberto pela galera do XDA Developers. O carregamento foi confirmado, e será de 160W (com fio) e 50W (sem fio), o que o deixará em conformidade com a futura regulamentação do governo chinês.

publicidade

A única informação, ou melhor, o único rumor que vazou anteriormente e não foi confirmado hoje foi justamente sobre o nome. Como tem a palavra “NOW” escrita em letras garrafais na parte traseira, os leakers haviam cogitado que o futuro smartphone da Infinix teria esse nome, e não Zero X.

publicidade

O nome escolhido, aliás, não é muito original. Para quem não se lembra, em dezembro de 2020 a Infinix passou a vender no Brasil o Infinix Zero 8, intermediário com visual diferente, boas especificações e preço competitivo. O smartphone chegou ao Brasil custando um pouco mais do que R$ 1.100, valor interessante por tudo o que ele oferecia.

Demais especificações

As demais configurações que acompanharão o Infinix Zero X, ao menos por enquanto, seguem mantidas em segredo. As especulações, baseadas puramente na imagem vazada, já começaram a pipocar entre os leakers e sites internacionais.

As mais recentes indicam que a marca, forte na Ásia, especialmente na Índia, por produzir smartphones com boas configurações e preços atraentes, apostará em uma câmera traseira principal com sensor de 108 megapixels. Na frente, um acabamento mais premium, com tela OLED curva e sensor de impressões digitais embutido também parece ser o caminho escolhido pela marca.

Via My Smart Price