Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Uma pesquisa da Akamai, empresa de ciberproteção e experiência digital, estima que 60,36% dos usuários de bancos no Brasil não usaria o WhatsApp Pay, o novo método de pagamentos no mensageiro, por considerá-lo inseguro. Realizada em conjunto com a Cantarino Brasileiro, as instituições levantaram a expectativa dos usuários com o recurso, lançado em 2019, mas que só chegou por aqui em maio deste ano.

O relatório, nomeado “A Experiência dos Correntistas dos Principais Bancos Brasileiros”, coletou uma amostra de 1.100 entrevistados sobre a confiabilidade do sistema de pagamentos e transferências. Destes, 34,18% disseram que usariam o WhatsApp Pay. Outros 5,45% não utilizariam por não possuir cartão de débito.

publicidade
Opinião negativa reflete insegurança nas redes sociais

Segundo a Akamai, a opinião negativa na pesquisa sobre o WhatsApp Pay reflete a insegurança do brasileiro nas redes sociais. A empresa aponta que em 2020 o Brasil ocupava o 3º lugar no ranking dos países com mais ataques cibernéticos, detectando até 3 bilhões de tentativas de roubos de credenciais no país. Ataques de credenciais, que acontecem através de links e mensagens falsos, poderiam roubar dados bancários, mas também o acesso direto ao pagamento pelo app.

Segundo o gerente de marketing de indústrias Latam da Akamai, Sérgio Ferrão, o Brasil também é o terceiro país com mais tempo de uso de apps, e a quantidade massiva de troca de dados abre margem para risco de golpes. “Os serviços online trazem uma praticidade inegável para a vida dos brasileiros, mas é preciso estar atento à legitimidade e confiabilidade do meio digital que está sendo utilizado antes de inserir seus dados”, afirma.

Além das opiniões sobre o WhatsApp Pay, a pesquisa observou que o número de pessoas que utilizam o WhatsApp para acessar informações de suas contas bancárias aumentou 43,7% em relação ao levantamento do ano anterior. Em um país com cerca de 120 milhões de usuários do mensageiro, a ferramenta de pagamento pode ser um recurso bastante utilizado, porém abrir margem para ataques.

Imagem: Matti Mango/Pexels/CC

publicidade