Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Celulares básicos têm seu público, e é pensando neles que o Nokia C01 Plus foi anunciado pela HMD Global. Sem nenhum grande destaque, o modelo chega com Android 11 (Edição Go) de fábrica, e talvez seu preço, quando confirmado localmente, deixe mais claro se ele será uma boa opção para o público que deseja uma experiência mais simples.

A tela do Nokia C01 Plus tem 5,45 polegadas e resolução HD. Este tamanho de display o tornaria compacto não fossem as bordas levemente avantajadas. O celular conta com conectividade 4G e Bluetooth 4.2, além de câmera frontal para selfies e videochamadas, e um sensor traseiro que até pode capturar imagens HDR. Tanto a câmera frontal quanto a traseira são de 5 MP, e ambas também contam com flash.

publicidade

Imagem do smartphone Nokia C01 Plus

Memória RAM e armazenamento limitados

O modelo será lançado com opções de 1 GB ou 2 GB de RAM, com 16 GB ou 32 GB de armazenamento interno, ambas com bateria de 3000 mAh. Sim, a capacidade é bem limitada, afinal várias empresas já estão lançando aparelhos com ao menos 64 GB de espaço mesmo em smartphones de entrada, pelo alto consumo de mídia proporcionado por redes sociais e mensageiros, como Facebook e WhatsApp, mas esse armazenamento é expansível até 128 GB com um cartão microSD. Mas vale ainda destacar que, mesmo mais compacto, o Android Go vai pegar boa parte do armazenamento do celular.

A HMD Global confirmou que o Nokia C01 Plus chega ao Brasil “nos próximos meses”, mas ficou devendo seu preço. Na Rússia, o modelo chegou ao equivalente a R$ 453 (em conversão direta hoje, 08/06). Como o Nokia 2.4 — que roda Android completo, tem 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno, e câmera dupla traseira — chegou ao Brasil por R$ 1,4 mil, faz sentido esperar que o modelo recém-anunciado, bem mais enxuto em hardware, venha bem abaixo disso. A distribuição dos celulares da finlandesa por aqui ocorre via Multilaser.

publicidade