Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Entre as novidades que foram anunciadas este ano no Google I/O, está o recurso de pastas protegidas que o Android 12 deverá oferecer ao usuário no Google Fotos. Além disso, o Android 12 tem um sistema de privacidade chamado Private Compute Core que está integrado ao sistema operacional, permite o gerenciamento de dados de aprendizado de máquina com mais segurança.

Mas como vão funcionar as pastas protegidas no Google Fotos? Elas serão um espaço protegido por senha ou dados biométricos onde a pessoa poderá, por exemplo, salvar fotos e outras mídias separadamente. Neste caso, tais conteúdos não aparecerão quando for feita uma rolagem pela tela do Google Fotos ou qualquer outro app no celular. A novidade vai ao encontro do que foi especulado nos últimos dias sobre o que o Google I/O apresentaria com relação à privacidade e segurança, indo um pouco além.

As pastas protegidas poderão facilitar recursos do Android para proteger os dados que estiverem armazenados e, de forma simultânea, ainda os mantêm disponíveis para funções ao nível do sistema. Ou seja, os arquivos continuarão sendo usado no aprendizado de máquina, como os dados usados ​​para o recurso de mensagem de texto e identificação de músicas que estão sendo reproduzidas.

publicidade
Preservação de dados do usuário

Ao nível de privacidade, o Google explica que todo processamento confidencial de áudio e idioma ocorre exclusivamente no dispositivo e isolado da rede, preservando esses dados do usuário. O Private Compute Core do Android não é um chip de hardware separado, mas sim uma partição inteiramente em software, o que deve tornar o sistema mais fácil de implantar em uma variedade de dispositivos.

No caso das fotos, as pastas bloqueadas estarão disponíveis primeiro no Google Pixel e chegarão em mais dispositivos Android ao longo do ano. E no Pixel, você ainda terá a opção de salvar fotos e vídeos capturados pela câmera diretamente para uma pasta bloqueada. Esta novidade foi anunciada no Google I/O com uma série de outros recursos de privacidade para Android, incluindo um novo painel de privacidade e uma nova configuração para compartilhamento aproximado de localização.

Via The Verge