Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A partir de 18 de maio, a Bose vai começar a vender o aparelho auditivo Bose SoundControl diretamente para os consumidores de cinco estados americanos, marcando sua volta ao segmento. O diferencial é que os novos aparelhos auditivos da marca são os primeiros a ganhar permissão do FDA para serem vendidos nos EUA sem a necessidade de consultar um profissional de audiologia.

Aparelho Auditivo Bose SoundControl

Divulgação / Bose

Os usuários do Bose SoundControl podem colocar e controlar os aparelhos auditivos eles mesmos, além de ajustar volume, agudos e baixos pelo app Bose Hear, disponível para Android e iOS. Os aparelhos auditivos da marca também contam com funções especiais de “Foco”; com a configuração para “Frente”, que permite filtrar os sons de fundo no local de trabalho, por exemplo, e o filtro “Todo Lugar”, para que o usuário possa ouvir todos os sons ao redor quando estiver na rua ou em casa.

publicidade
App aparelho auditivo Bose SoundControl

Aplicativo do Bose SoundControl (Divulgação/Bose)

A empresa diz que as baterias dos aparelhos podem durar até quatro dias, quando usados 14 horas por dia. O design do Bose SoundControl lembra o de aparelhos auditivos convencionais, com um receptor atrás da orelha e pontas que ficam no canal auricular. O novo produto pode ser vendido diretamente para pessoas com perda auditiva de leve a moderada, e vai custar US$ 849,95 (cerca de R$ 4.400 na cotação de hoje).

“Apenas nos EUA, aproximadamente 48 milhões de pessoas sofrem com algum grau de perda auditiva que interfere em suas vidas. Mas o custo e a complexidade do tratamento se tornaram grandes barreiras para conseguir ajuda”, disse Brian Maguire, diretor de categoria da Bose Hear. Como o The Verge apontou, aparelhos auditivos receitados por profissionais de audiologia podem custar milhares de dólares nos EUA, e seguros de saúde raramente oferecem cobertura para eles.

Apesar de estar voltando ao mercado de aparelhos auditivos com o SoundControl, a Bose já é bem conhecida do grande público pelos seus fones de ouvido. Um dos lançamentos recentes da marca são os Bose Sport Open Earbuds, fones TWS que não entram no canal auricular, ainda não disponíveis no Brasil.

publicidade