Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Oppo Find X3 Pro foi anunciado em março com configurações de um top de linha. Ele oferece o chip Snapdragon 888, que ainda não teve todos os seus poderes revelados. Por exemplo, a tecnologia VRS deverá estrear nesse flagship da chinesa, garantindo maior frame rate (ou número de quadros por segundo) em jogos sem comprometer a autonomia do celular ou levar a GPU a estresse máximo.

Compatível apenas com a GPU Adreno 660 — que está no Snapdragon 888 — a tecnologia VRS (Variable Rate Shading, ou Taxa Variável de Sombramento em tradução livre) permite que, ao invés da placa de vídeo processar individualmente a geração de sombras, esse trabalho possa atender a grupos de dois ou quatro pixels por vez. Ou seja, com o trabalho de processamento de um único pixel, aqueles periféricos, ao seu redor, não precisam ser submetidos a essa tarefa.

publicidade

Segundo a Qualcomm, esse algoritmo gera resultados de igual qualidade à renderização pixel a pixel, com a vantagem de reduzir a carga da GPU e gerando resultados com 40% mais de eficiência no consumo de recursos. E como isso se traduz? Bem, permitindo maiores frame rates em jogos pesados. Oracle, o primeiro título a funcionar com VRS no Oppo Find X3 Pro, saltou de 63 FPS para 88 FPS com a tecnologia ativada.

Uma boa tela é a principal beneficiada

Claro, o benefício maior será percebido em telas de altas taxas de atualização, como é o caso do flagship da Oppo. A tela do smartphone pode alcançar a reprodução de 1 bilhão de cores, e traz tecnologia LTPO que a permite variar de 1Hz a 120Hz. Curiosamente, outras fabricantes nunca tocaram no assunto e não parecem dispostas a explorar o VRS do Snapdragon 888 (ainda).

Vale lembrar que já são muitos os smartphones no mercado com o chip mais poderoso da Qualcomm: Mi 11 Ultra, Mi Mix Fold, Galaxy S21 (em alguns territórios, mas não no Brasil), Vivo iQOO 7, Xperia 1 III, e a linha OnePlus 9 são apenas alguns exemplos.

Via Sparrows News

publicidade