Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O Google segue investindo em atualizações para o teclado do Android. Após validar a ferramenta de histórico de transferência, que permite a visualização de tudo aquilo que você copiou recentemente, sejam mensagens ou fotos, a empresa estuda como deixá-la mais funcional aos usuários do GBoard, inserindo atalhos das sugestões do histórico em uma barra deslizante na parte superior do teclado.

Por padrão, o Google deixa a função de histórico de transferência desativada. O usuário que quiser utilizá-la no Gboard precisa acessar o menu expansivo (…) do teclado para ativá-lo. Em seguida aparecerá uma área de mural com todas as cópias recentes do celular.

publicidade
Google testa novo layout no histórico de transferências do GBoard. Montagem: Vida Celular

Na versão atual do histórico de transferências do GBoard só é possível acessar um atalho por vez na aba superior do teclado. As outras sugestões ficam em um menu separado. Montagem: Vida Celular

Além disso, a cópia mais recente aparecerá na parte superior como sugestão ao usuário. O que a nova atualização pretende é expandir este recurso permitindo ao dono do smartphone que, se houver mais de um arquivo copiado, possa efetuar uma busca rápida por meio de um sistema de scroll horizontal.

Google testa novo layout no histórico de transferências do GBoard. Reprodução: 9to5Google

Reprodução: 9to5Google

Recurso já está disponível para alguns usuários

Aparentemente, o recurso está em fase de testes e será liberado aos poucos para os usuários. O Google costuma efetuar testes cegos contemplando usuários aleatoriamente, mas você pode aumentar as suas chance se tornando um usuário de testes Beta do Android. Basta acessar a página de testes do Google e efetuar o cadastro com a mesma conta Google utilizada no seu smartphone.

Se for aceito, aplicativos como o GBoard, o Google Translate, o Google Maps e outros da empresa passarão a receber atualizações de novos recursos. Mas atenção: por se tratar de produtos em testes, algumas funções podem não responder como o esperado. Faça por sua conta em risco.

Via 9to5Google

publicidade