Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Twitter vem trabalhando em algumas atualizações para sua rede social nos últimos tempos, e algumas mudanças indicam um novo foco da empresa. Os desenvolvedores estão querendo tornar a rede social em um espaço de criação de conteúdo e monetização. E a mais recente atualização, chamada Twitter Business, faz parte desse novo direcionamento.

A novidade foi anunciada ontem pelo perfil oficial do próprio Twitter por meio de uma thread. Trata-se de uma alteração nos perfis profissionais, que inclui lojas, ONGs, criadores de conteúdo e qualquer outro tipo de conta que use o Twitter para trabalho. Além do selo de verificação, esses perfis profissionais vão ganhar uma aba com informações adicionais a respeito do serviço prestado.

publicidade

Na nova aba, os usuários vão encontrar um thumbnail com mapa, informações de site profissional, endereço e mais detalhes. Também apresenta dois novos botões, um para conseguir informações de como chegar ao local e outro para contato.

publicidade

Nesse primeiro exemplo de perfil Twitter Business, ficou claro o direcionamento para lojas ou empresas que possuem escritório e oferecem produtos. Mas, é provável que a novidade apresente outras informações e formatos para criadores de conteúdo e outros tipos de perfis que usam a rede social a trabalho. Inclusive, é provável que os criadores de conteúdo ganhem um botão de assinatura, já que o Twitter vem investindo em uma atualização que permitirá pagar por conteúdo diferenciado.

No momento, a atualização está sendo apresentada em apenas algumas regiões dos Estados Unidos. Mas, segundo o tweet do perfil oficial do Twitter, no próximos meses o Twitter Business vai chegar para mais pessoas. Talvez leve um tempo até vermos essa ferramenta funcionando, principalmente aqui no Brasil.

Via The Next Web