Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Vimos que a parceria entre a DL e a Xiaomi deverá trazer o recém-anunciado Redmi Note 10 para o Brasil. Nesse finalzinho de março novas informações mostram que a família deverá desembarcar no Brasil também com o Redmi Note 10 Pro, que acaba de ser homologado na Anatel.

Assim como o modelo regular, falamos de um celular intermediário, mas que traz um hardware mais robusto: temos aqui o processador Snapdragon 732G, com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, expansível via microSD. A tela, AMOLED de 6,67 polegadas, também tem resolução full HD, mas sua taxa de atualização chega a 120 Hz.

publicidade

Já o conjunto de câmeras também significa um upgrade interessante, com sensor principal de 108 MP, com lente ultrawide de 8 megapixels, macro e zoom óptico 2x de 5 MP, e um sensor de profundidade de 2 megapixels. As selfies ficam por conta do sensor de 16 MP. Já a bateria é de 5020 mAh, e conta com carregamento rápido de 33W.

Intermediário com recursos premium

Ambos futuros lançamentos da Xiaomi deverão disputar mercado com lançamentos recentes da Motorola e também os Samsung Galaxy A52 e A72. 2021 vem se mostrando um ano interessante para o segmento de intermediários, que nos últimos meses têm recebido recursos até então restritos a dispositivos premium, como altas taxas de atualização e câmeras de zoom óptico.

Ainda não há previsão de lançamento dos Redmi Note 10 e 10 Pro no país, apesar da homologação da Anatel. DL e Xiaomi podem estar planejando o anúncio para um momento oportuno, e ainda não dão pistas de quando isso poderá acontecer. Mas deve ser em breve.

publicidade