Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Quando insiders da indústria trazem informações em primeira mão, esperamos novidades sobre smartphones. Desta vez, porém, alguns nomes da indústria estão antecipando o desenvolvimento de um console portátil da Qualcomm com Android, em um movimento de mercado no mínimo curioso.

Claro, já existe um número amplo de smartphones gamers, inclusive aqui no Brasil. Mesmo assim a Qualcomm estaria fabricando um produto com tela de 6,65 polegadas com resolução Full HD e uma grande bateria de 6000 mAh. O projeto envolveria ainda a adoção de um cooler interno para otimizar as capacidades térmicas. O dispositivo traria ainda carregamento rápido e funções que o deixariam parecido com um Nintendo Switch.

publicidade

Por exemplo, fala-se em controles destacáveis nas duas extremidades, uma escolha de design que teria facilitado a circulação de ar na carcaça do produto. Ainda, o videogame da Qualcomm ofereceria conexão para displays externos. Restaria saber se a fabricante estaria planejando colocar aqui uma mini porta HDMI ou aproveitar a versatilidade do USB-C.

Console portátil teria 5G

Com conexão 5G e precificação por volta dos US$ 300, o possível console portátil da Qualcomm sairia de fábrica com Android 12, e teria como data de lançamento algum momento do primeiro semestre de 2022. David Ruddock, do Android Police, e Mishaal Rahman, insider de boa reputação, trazem informações conflitantes nesse sentido. Para o jornalista o produto terá mesmo viabilidade comercial, enquanto Rahman diz ter ouvido de fontes que o design será apenas uma referência ao mercado, um conceito. Isto não seria inédito por parte da Qualcomm.

Sem funções de um smartphone, o console portátil da Qualcomm não realizaria chamadas, por exemplo, e poderá trazer um launcher exclusivo. Ruddock diz ainda ter escutado que os jogos da Epic Games Store são uma ambição para a fabricante, que deseja suporte a eles já no lançamento do seu novo dispositivo Android.

Design de referência ou disposição para incomodar fabricantes?

Com uma enxurrada de informações de uma única vez, se elas acabarem se confirmando, é possível que a Qualcomm já esteja em estágio avançado de desenvolvimento do seu console portátil com Android. A principal dúvida no momento seria quanto aos planos da empresa: esse é mesmo um produto comercial ou apenas um design de referência para inspirar suas parceiras na indústria?

publicidade

Fato é que nunca foi visto com bons olhos a Qualcomm tentar disputar público com produtos finais, como smartphones, já que é dona dos principais chips do mercado. O Google enfrentou problema parecido quando comprou a Motorola (hoje nas mãos da Lenovo) e também quando desenvolveu a linha Nexus. Nenhuma fabricante gostava da ideia da dona do sistema operacional lançar seus próprios smartphones com ele, mas a resistência parece ter diminuído com a linha Pixel. No geral, as empresas desse setor não gostam da possibilidade de disputar o consumidor com marcas que possuem ferramentas ou recursos cujas políticas poderiam ficar voláteis demais, ou restritivas, a depender do apetite delas com vendas.

Seja como for, o possível console portátil com Android parece ter uma proposta diferente da que vemos com smartphones gamer, o que já ajudaria a Qualcomm a acalmar sua clientela. Nem mesmo a Nintendo deverá se sentir incomodada, uma vez que o ecossistema de jogos seria completamente diferente. Mesmo assim, só o tempo dirá se esse projeto virá ao mundo mesmo ou não.

Via Android Police e Mishaal Rahman

Imagem: ESOlex (iStock)