Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Seguindo o bom exemplo da Apple, o Google anunciou hoje que vai reduzir a comissão cobrada em apps para desenvolvedores que ainda não fizeram US$ 1 milhão em sua plataforma. Isto é, quem ainda não fez US$ 1 milhão paga metade, quem já fez, paga integral. A taxa cobrada cai de 30% para 15% a partir de 1º de julho.

Quatro meses atrás, a Apple anunciou um programa para pequenos desenvolvedores de apps, onde empresas que fazem menos de US$ 1 milhão com seus produtos num ano terão direito a um corte de 15% nas comissões pagas para a App Store. Já na ação do Google, a redução de comissão para apps vai para desenvolvedores que fazem mais de US$1 milhão em vendas por ano, indo na direção oposta da Apple.

publicidade

Como Sameer Samat, vice-presidente do Android e Google Play, escreveu num post no blog da companhia: “Ouvimos de nossos parceiros fazendo US$ 2 milhões, US$ 5 milhões e até US$ 10 milhões por ano, que seus serviços ainda estavam na órbita da subsistência. Por isso estamos fazendo essa redução de comissão para o primeiro US$ 1 milhão de renda total por ano para todos os desenvolvedores que usam o sistema de pagamento do Play, independente do tamanho. Acreditamos que essa é uma abordagem justa que se alinha com a missão mais ampla do Google de ajudar todos os desenvolvedores a ter sucesso”.

Mas nem todo mundo ficou impressionado com a decisão do Google. Vijay Shekhar Sharma é o fundador da startup mais valiosa da Índia, a fornecedora de serviços de pagamento por dispositivos móveis Paytm. Para Sharma, a ação do Google foi meramente um “golpe de relações públicas”. Segundo o fundador da Paytm, o principal problema que desenvolvedores enfrentam é que o Google impede o uso de sistema de pagamentos de terceiros para vendas em sua loja de apps.

A briga dos sistemas de pagamento

Essa questão de sistemas de pagamento de terceiros desencadeou um processo na Austrália, onde a Epic Games, desenvolvedora do Fortnite, acusa o Google de “condutas anticompetitivas” que infringem as leis de proteção ao consumidor.

Como um porta-voz da Epic Games disse numa declaração para o MacRumours: “Enquanto essa redução de comissão para apps pode aliviar uma pequena parte do fardo financeiro para os desenvolvedores, isso não aborda a raiz do problema. Seja 15% ou 30%, para apps adquiridos pela Play Store do Google, os desenvolvedores ainda são obrigados a usar o serviço de pagamento no aplicativo do Google. Competição em processamento de pagamentos e distribuição de apps é o único caminho para um mercado de apps justo”.

publicidade

ATUALIZAÇÃO 18/03/2021, 17h28: primeiro parágrafo alterado por clareza.

Via TechCrunch

Imagem: hk / Unsplash