Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Apple anunciou hoje que vai cortar a comissão que cobra de pequenos desenvolvedores de apps na App Store pela metade. Desde o lançamento da loja virtual da companhia em 2008, a comissão cobrada para as desenvolvedoras de aplicativos era de 30%, tanto para assinaturas como para compras dentro dos aplicativos. Agora a Apple promete cortar sua comissão para 15%, tanto em assinaturas como em compras internas nos aplicativos, num programa para pequenos negócios que será lançado em 1º de janeiro de 2021.

Segundo o anúncio oficial da Apple, desenvolvedores que fazem menos de US$ 1 milhão com todos os seus apps vão pagar uma comissão de 15% em todas as compras na App Store. O corte também se aplica a desenvolvedores novos na loja virtual da Apple.

publicidade

Alguns meios especializados elogiaram a decisão, dizendo que a mudança vai ajudar 99% dos desenvolvedores de iOS. Mas antigos críticos da comissão da App Store não acharam um gesto tão benevolente assim.

Grandes desenvolvedoras como Epic Games e Spotify há algum tempo acusam a Apple de competição injusta e monopólio. O caso até foi parar na justiça, envolvendo autoridades antitrust dos EUA. Quando a Epic tentou vender moedas do seu jogo Fortnite com desconto pela sua própria plataforma, a Apple baniu o jogo da sua loja alegando questões de segurança. O caso só deve ser resolvido em 2021, mas o game pode voltar antes por outro caminho.

Para David Heinemeier Hansson, CTO do app de bandas independentes Basecamp, a decisão da empresa de Cupertino foi “maquiavélica”. Segundo ele disse em seu perfil no Twitter, a decisão da Apple de cortar sua comissão é apenas uma tentativa de dividir os desenvolvedores e impedir mais investigações sobre a comissão injusta sobre os apps.

Via iDropNews.

publicidade