Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Google possui várias formas de implementar recursos experimentais nos seus aplicativos e serviços, por isso não surpreende que um desenvolvedor tenha descoberto a existência da função de viagem no tempo no Google Earth para Android. Com ela, é possível ver imagens aéreas de uma região lá pelos anos 80, o que pode trazer — para curiosos ou profissionais de diversas áreas — histórias interessantes sobre o desenvolvimento de regiões.

O recurso em si não é uma grande novidade: a viagem no tempo pelo Google Earth já está disponível há um tempo na versão web do serviço, que também é visualizável por smartphones. A implementação só não havia sido vista, ainda, nos aplicativos, e ela traz uma implementação ligeiramente diferente, com mais menus e opções. Porém, é claro que a tecnologia era mais limitada há 30, 40 ou mais anos, e assim, muitas regiões não possuem dados antigos para serem exibidos.

publicidade

publicidade
Procedimento exige root do dispositivo e não é recomendável

Mesmo com essa ressalva, o processo para ativar a viagem no tempo no Google Earth do Android é bastante complicado e até mesmo arriscado: o usuário precisa fazer o processo de root — que invalida a garantia de celulares e suspende as atualizações da fabricante — e outros procedimentos para ter no celular algo que hoje é facilmente acessível via web, aqui sem risco algum aos dispositivos. Além disso, se a função está sendo testada pelo Google, é provável que receba um lançamento oficial futuramente, sem a necessidade de passar por esses processos, assim não recomendamos que você faça esse procedimento.

Essa descoberta no Google Earth para Android se soma a novidades oficializadas pela empresa de Mountain View, como novos recursos para o Android e também o tema escuro do Maps. Vem sendo um primeiro semestre agitado para a companhia, que inclusive vai mexer no calendário de atualizações do Chrome para entregar correções e novos recursos mais rapidamente. Agora, resta saber quando — e se — o Google irá oficializar a ferramenta de viagem no tempo no app do Earth do sistema operacional do Google.

Alternativa na web

Para quem não tem uma máquina do tempo, e não quer esperar, uma alternativa é acessar os exemplos de timelapses feitos com o Google Earth Engine que o Google oferece em seu site, incluindo um de Brasília (dos anos 80 até 2018).

Via Android Police