Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple começou o ano de 2021 investindo mais em inclusão. Acaba de abrir inscrições para o seu programa de Acampamento de Empreendedores e Desenvolvedores de apps voltado apenas para mulheres. Agora, a Apple anunciou uma parceria com a Associação Nacional de Jornalistas Negros dos Estados Unidos para que jornalistas no início de carreira atuem na vanguarda das notícias e tecnologia.

O programa tem o objetivo de permitir que os jovens recém graduados ou em início de carreira tenham acesso às principais áreas editoriais da Apple News, como o Spotlight, Top Stories e Audio. Além disso, após 3 meses de rotatividade dentro das áreas, os candidatos escolhidos terão a oportunidade de escolher uma única área para atuar até o fim do programa e irão liderar ao menos um projeto independente, contando com a ajuda de mentores e líderes de equipe.

publicidade

Segundo a Associação de Jornalistas Negros, durante o período de treinamento, os escolhidos ainda terão a oportunidade de participar de dois grandes eventos. Um é uma visita paga durante uma semana aos escritórios da Apple em Nova York ou em Cupertino, na Califórnia. O outro grande evento é uma apresentação para todo o time editorial da Apple News. Além de todos os benefícios, os escolhidos também receberão um salário de US$ 40 por hora (R$ 229,12) enquanto estiverem no programa. As inscrições se encerram no dia 9 de abril e o treinamento começa em junho de 2021, com a data de encerramento prevista para fevereiro de 2022.

A Apple News possui mais de 100 milhões de usuários por mês no seu serviço de notícias por assinatura em países como os Estados Unidos, Canadá, Reino Unidos e Austrália, e parece estar investindo cada vez em jornalismo digital.  No entanto, nem a Apple e nem a Associação de Jornalistas Negros anunciaram quantos profissionais serão selecionadas ou se o treinamento será expandido para outros países no futuro. Portanto, será preciso esperar para saber se programas como esse podem chegar ao Brasil.

Imagem: Pexels/Pixabay

Via 9To5Mac

publicidade