Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Informações recentes sugeriram que o iPhone 13 poderia não ter nenhum tipo de porta, com o carregamento sendo feito exclusivamente via MagSafe. Agora, uma patente registrada pela Apple na última terça-feira (02/03) mostra que o dispositivo pode sim ter uma entrada, mas para receber justamente o carregador magnético.

O carregador mostrado no registro feito no Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos Estados Unidos indica um modelo semelhante aquele adotado nos MacBooks até alguns anos atrás. Basicamente três pinos que ficam fixados magneticamente no dispositivo. A diferença é que a entrada costuma ser bem mais rasa do que uma conexão mais convencional. É algo que só pode parar no lugar com ímã.

publicidade

Não há uma menção muito clara ao iPhone na patente, mas é seguro supor, pelo formado, que a porta Magsafe da imagem está localizada na parte de baixo do smartphone da Apple. Se isso de fato for implementado, a empresa terá dado mais um passo rumo ao iPhone sem entradas.

Patente mostra porta Magsafe no iPhone

Imagem: Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos EUA

A volta dos imãs

As vantagens da porta MagSafe é permitir que o dispositivo se conecte com mais facilidade ao cabo e, caso seja puxado, também se desconecte de forma segura do iPhone. Atualmente, a conexão magnética dos smartphones da Apple fica na parte de trás, mas não possui uma entrada e, além de carregar, também é usada para fixar acessórios. É possível que ambos os imãs sejam mantidos.

Patente mostra porta Magsafe no iPhone

Imagem: Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos EUA

Em outubro, o site americano CNET indicou que o iPhone 13 poderia vir sem nenhuma entrada, abandonando a conexão Lightning. Mais recentemente, o analista Ming-Chi Kuo descartou a possibilidade da gigante adotar a entrada USB-C nas próximas gerações e disse que o caminho dos modelos era a conexão Magsafe.

O mesmo analista, inclusive, deu a informação de que a fabricante do iPhone deve trazer a porta Magsafe de volta nos MacBooks deste ano. Ou seja, parece que a Apple está apostando bastante nas conexões magnéticas.

publicidade

Via MacRumors