Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Para receber aposentadoria é necessário realizar a Prova de Vida, que é exatamente o que o nome diz, mostrar que ainda se caminha por entre os viventes para receber o benefício. Em 2020, por conta da pandemia do coronavírus, a necessidade confirmação de que o beneficiário está vivo foi suspensa. Para contornar o óbvio risco a pessoas no grupo de risco, para conseguir realizar a prova sem precisar ir pessoalmente a um posto, o INSS lançou um projeto de que utiliza biometria facial para fazer o reconhecimento.

Nesta terça-feira (23/02), o órgão anunciou a expansão do programa, que vai incluir até 5,3 milhões de pessoas nos testes, antes eram apenas 500 mil. A necessidade da prova também foi suspensa por mais 60 dias. Quem quiser pode fazer, tanto de maneira digital, quanto presencialmente, mas não é obrigatório até maio.

publicidade

Para fazer a biometria facial, o usuário agora precisa baixar apenas o aplicativo meu.gov.br (iOS e Android) e não mais o Meu INSS também, como era antes. Este segundo agora deve ser usado apenas para acompanhar o resultado.

Nesta nova etapa, os contatos com os segurados elegíveis para a Prova de Vida pro biometria facial já começaram a serem contatados pelo INSS por meio de mensagens enviadas por SMS e e-mail. Lembrando que mesmo que seja em fase de teste, quem fizer digitalmente terá a prova confirmada e não vai precisar realizar novamente.

“É uma forma de identificar supersegura, feita com toda a segurança, para garantir que aquela pessoa é realmente aquela pessoa. Isso foi muito testado”, comentou o Gustavo Henrique Canuto, presidente do Dataprev, na live de apresentação. “Cada vez mais a tecnologia está evoluindo para entender como o usuário interage”, completou ainda.

“O estado não pode ser alguém que fique pesando na população. O estado tem que criar um mecanismo para facilitar. Obviamente faremos o controle, mas esse controle tem que ser o mais leve e fácil possível”, disse também Bruno Bianco, Secretario Especial de Previdência e Trabalho.

publicidade

Passo a passo Prova de Vida Digital
  1. Entre no aplicativo Meu Gov.br e clique em Autorização selecione a autorização marcada como pendente e clique em autorizar.
  2. Confirma que aceita autorizar clicando em Realizar ValidaçãoA partir de hoje, INSS expande projeto de prova de vida por biometria facial
  3. Clique em Permitir para que o Meu Gov.Br use a câmera do seu celular
  4. Para confirmar sua identidade preencha o dado solicitado com a informação no documento e clique em Prosseguir
  5. O aplicativo agora para a leitura das imagens do seu rosto para a biometria facial do INSS
  6. Tente manter o rosto dentro do circulo durante o processo. Se tiver ajuda de outra pessoas pode usar a câmera traseira
  7. Quando o processo de reconhecimento encerrar sua Prova de Vida está finalizada
A partir de hoje, INSS expande projeto de prova de vida por biometria facial

Imagem: INSS

Imagem: Teguhjatipras (Pixabay)