Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A linha Redmi Note 10, com lançamento marcado para o dia 4 de março na Índia, permanece uma incógnita. O teaser do smartphone, divulgado pela Redmi há algum tempo, não ajudou a dissipar esse mistério. Mas agora, além de sabermos que teremos um Redmi Note 10 Pro Max, algumas de suas especificações técnicas foram divulgadas no Twitter.

Antes de entrar no assunto, porém, é necessário um pouco de contexto. Esperava-se que a nova linha da subsidiária da Xiaomi tivesse somente dois integrantes. Um vazamento anterior apontava ainda que ambos teriam duas versões: uma com 4G e outra com 5G, totalizando quatro smartphones diferentes. Mesmo assim, não se imaginava uma versão Pro Max do Redmi Note 10, apesar da série anterior ter inaugurado a linha de smartphones contendo três dispositivos.

publicidade

Segundo o leaker Ishan Agarwal, o Redmi Note 10 Pro Max será lançado com duas variantes. A variação, aliás, diz respeito somente à memória RAM, já que ambos os modelos possuem 128 GB de armazenamento interno. As opções de RAM, então, são 6 GB e 8 GB.

Além disso, o smartphone terá três cores diferentes: preto, dourado metálico (chamado de bronze pelo leaker) e azul.

O que já saiu antes

Isso está de acordo com os outros dispositivos da linha Redmi Note 10, que também possuem três cores diferentes, vazadas anteriormente. Em relação ao processador, às câmeras e todo o resto, nada se sabe. Entretanto, outros vazamentos afirmaram que o Redmi Note 10 terá um chip Snapdragon 735G (e outros, o 750G), tela LCD com taxa de atualização de 120Hz e quatro câmeras traseiras. Foi levantado também que o Redmi Note 10 Pro virá com uma câmera primária de 108 MP, tela AMOLED. Uma bateria com 5050 mAh também foi levantada, embora não tenha sido explicitado se ela será parte do Note 10 padrão ou do Note 10 Pro.

É de se esperar, então, que o Redmi Note 10 Pro Max vá um pouco além dessas características. Muito provavelmente, sua tela manterá o AMOLED do modelo intermediário e terá a alta taxa de atualização do modelo básico. Pode ser, aliás, que ele venha com uma tela que possua taxa de atualização variável. Espera-se que o processador e a bateria sigam por esse caminho.

Seja o que vier, falta pouco tempo para sabermos o que é verdade e o que não é a respeito dos Note 10, mas principalmente a respeito do Note 10 Pro Max.

Via Android Authority

A imagem deste post é do Redmi Note 9