Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Com o impacto da pandemia do Covid-19 e o trabalho remoto, a venda de computadores cresceram. Segundo uma pesquisa da IDC (International Data Corporation) feita de forma global, os Chromebooks de fabricantes como HP, Acer, Asus, Dell e Lenovo venderam mais do que os Macs (desktops e MacBooks) pela primeira vez ao longo do ano passado.

Sem novidades, o Windows dominou e ficou em primeiro lugar do mercado total. Já a Apple e o Google estavam praticamente empatados com a mesma porcentagem de vendas no primeiro trimestre de 2020. Porém, a demanda de Chromebooks começou a disparar a partir segundo trimestre (quando a pandemia ganhou força), superando a venda dos Macs.

publicidade
Os números

No comparativo anual, os números apontam que os Chromebooks tiveram 10,8% da fatia de mercado de desktops e notebooks, contra os 7,5% atingidos pelos dispositivos da Apple. Apesar da liderança absoluta, o Windows apresentou uma queda significativa.

Gráfico da IDC mostra que venda de Chromebooks cresceu mais do que a de Macs

Venda de Chromebooks cresceu mais do que a de Macs (Gráfico da IDC)

Os dados da IDC apresentaram que em 2020, o Windows atingiu 80,5% do mercado, com uma queda de 4,9 pontos em relação a 2019, quando atingiu 85,4% da demanda total. No mesmo cenário, o Chrome OS apresentou um aumento de 4,4 pontos (de 6,4% para 10,8%), já o MacOS teve um crescimento de 0,8 pontos (de 6,7% para 7,5%).

A pandemia de fato está sendo um acelerador nas demandas de aparelhos tecnológicos. Isso porque o Chrome OS está ganhando cada vez mais espaço. O mesmo pode-se dizer dos aparelhos Macs da Apple que também tendem a crescer, mas em um ritmo menos acelerado por conta dos valores. Porém, o caso é totalmente o contrário quando se trata do Windows, que a cada ano que passa, apresenta uma queda na porcentagem do mercado.

Assim, pode-se dizer que os Chromebooks estão ocupando uma boa parte do mercado de laptops de baixo custo, que pelo menos até o momento, segue sendo dominado pelo Windows.

publicidade

Via TechRadar e GeekWire

Imagem: Melk-Hagelslag (Pixabay)