Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Os investimentos do Google para transformar o Chrome OS em um sistema operacional competitivo o bastante para confrontar o Windows e o macOS parecem que finalmente estão dando resultados. Segundo um levantamento de mercado, os Chromebooks e tablets dispararam em popularidade em 2020.

De acordo com o relatório divulgado pelo instituto de pesquisas tecnológicas Canalys, a busca por Chromebooks aumentou consideravelmente no último trimestre, entre os produtos da categoria. Assim, o crescimento teria sido de 122% nas remessas, algo em torno de 9,4 bilhões de unidades ao redor do mundo.

publicidade

Em comparação, o levantamento indicou que aparelhos similares, como notebooks ultrafinos, tiveram crescimento de 57% em relação ao mesmo período de 2019. Enquanto isso, as workstations e desktops menores tiveram um declínio respectivo de 27% e 33%.

HP lidera o mercado de Chromebooks

Ainda de acordo com a pesquisa, entre as marcas que oferecem este produto, a HP liderou o mercado de Chromebooks com 3,2 milhões de unidades vendidas no período. Um índice que também marcou o crescimento de 116,9% e uma participação de mercado de 34,1%. Em segundo lugar vem a Lenovo, que teve um crescimento de mais de 300% nas vendas. Apesar disso, a empresa ainda tem sua participação de mercado limitada em 18,9%. As outras empresas que figuraram o topo dentre aquelas que mais vendem Chromebooks foram respectivamente a Dell, Acer e Asus.

Existe um motivo claro que poderia justificar o crescimento repentino de mercado dos Chromebooks. Ishan Dutt, o analista da Canalys que é um dos idealizadores da pesquisa explica qual. Assim, ele disse ao XDA Developers que acredita que os números têm relação direta com a pandemia da Covid-19.

Houve uma preocupação muito grande entre instituições de ensino, pais de alunos, estudantes e professores em manter o calendário de aulas funcionando, de modo que a procura por dispositivos mais baratos e leves acabou sendo a solução. Nos Estados Unidos, é possível encontrar Chromebooks a partir de U$ 189, ou cerca de R$ 1.023. Mesmo no Brasil, estes aparelhos são mais acessíveis, com preços inicias na faixa dos R$ 1.000.

publicidade
A busca por tablets também aumentou

O relatório da Canalys ainda mostra que a busca por tablets também aumentou no último semestre. Ao todo, houve crescimento de 43% na procura por estes dispositivos, índice que representa aumento de 44,3 milhões de unidades vendidas no mesmo período. Além disso, como já era esperado, a Apple liderou as vendas com mais de 15,2 milhões de unidades, o que também representa um aumento de 47% no número de iPads vendidos em relação a 2019.

Apesar da liderança da Apple, o maior crescimento ficou para a Samsung que consagrou sua estratégia para a nova linha de Galaxy Tabs e, mesmo figurando no segundo lugar, teve um crescimento de 79% nas vendas. Foram de 9 milhões de tablets vendidos.

Além da Apple e da Samsung, a Huawei, Amazon e Lenovo também tiveram seus tablets entre os mais vendidos do semestre.

Via XDA Developers.