Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Cerca de um mês atrás, o Mi 11 foi lançado na China, sendo o primeiro smartphone do mundo com o processador Snapdragon 888 a chegar no mercado. Agora, o novo Mi 11 foi finalmente lançado globalmente pela Xiaomi, custando 45% a mais que na China contando com duas mudanças em relação ao modelo lançado no país: não há uma versão com memória de 12 GB de RAM e que será incluído um carregador GaN de 55W na caixa (na China, o carregador é opcional e gratuito, mas é de 65W).

Na Europa, o modelo de 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno do flagship terá o preço de € 749 (cerca de R$ 4.800), já a versão de 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno, € 799 (cerca de R$ 5.100). Ambas as versões chegaram com o preço inicial de ¥ 3.999 (R$ 3.300) e ¥ 4.299 (R$ 3.500) na China, respectivamente.

publicidade
Quatro modelos do novo Mi 11 em um fundo branco

Novo Mi 11 (Imagem/Reprodução: Xiaomi)

As especificações são as mesmas

As especificações são as mesmas, a única diferença (como já citamos) é a versão com 12 GB de RAM e 256 GB. Além de contar com o Snapdragon 888 (lançado recentemente pela Qualcomm) e uma bateria de 4600 mAh, o Mi 11 possui uma câmera principal de 108 MP, fazendo parte de um conjunto que tem uma câmera ultra-wide de 13 MP e outra macro de 5 MP. Já na parte frontal, a câmera possui 20 MP.

A tela AMOLED de 6,81 polegadas com resolução 2K (3200 x 1440 pixels) e taxa de atualização de 120Hz também é um dos destaques do Mi 11. Ele pode ser uma boa opção para usuários que se interessam pelo Galaxy S21 Ultra, já que além do preço mais baixo, também disponibiliza o carregador na caixa.

Por fim, com pré-encomendas que iniciam no dia 26 de fevereiro, a Xiaomi já sugeriu algumas variantes novas de cores para o novo Mi 11 no mercado global. Apesar de estar sendo lançado globalmente (principalmente na Europa) de forma gradual, ainda não temos informações de quando (e por quanto) o Mi 11 será lançado no Brasil.

Via GSM Arena

publicidade