Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O sucesso de vendas da Apple em 2020 não se restringiu apenas aos celulares. De acordo com dados da empresa de análise Canalys, a Apple continuou a dominar as vendas no mercado de tablets durante o quarto trimestre de 2020 – que corresponde ao primeiro trimestre de 2021 – e chegou a enviar 19,2 milhões de iPads. Isso representa um aumento de 40% em relação ao quarto trimestre de 2019.

No quarto trimestre, a Maçã teve uma fatia no mercado global de tablets de 36%. Deixando sua principal rival, a Samsung, em segundo lugar, com 19% e 9,9 milhões de tablets enviados e a Amazon em terceiro, com 12% e 6,5 milhões de envios.  A Apple também manteve uma fatia de mercado de 37% durante o ano todo, saindo na frente de suas principais rivais, como a Samsung, que ficou com 19% e a Huawei, que ficou com 10%.

publicidade

Apesar de a Apple dominar o mercado de tablets, as notícias para a gigante de Cupertino em relação ao mercado em geral não são tão boas, já que a empresa acabou ficando atrás da Lenovo durante o quarto trimestre de 2020. A Catalys estimou a venda de PCs (termo usado para tudo o que é computador, incluindo notebooks, desktops, tablets) e, nesse cálculo, a Apple enviou 26,4 milhões de unidades de iPads e Macs – o que representa um crescimento anual de 42% em relação a 2019 –, neste caso superada pela Lenovo,  com 28,8 milhões de envios.

O total de envios de Macbooks e iPads em todo o ano de 2020 foi de 81,4 milhões, um pouco abaixo da Lenovo, que teve 87 milhões de unidades enviadas.  No entanto, a estimativa é que as vendas de Macs e iPads continuem fortes para a Apple durante 2021, já que os novos modelos de MacBook Pro contarão com os novos os novos chips de silicone e os novos iPad Pro e iPad mini contam com avanços como o scanner LiDAR e o chip A12Z.

Via MacRumors

publicidade