Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um rumor de que a Apple pode estar planejando entrar no mercado de carros elétricos foi suficiente para fazer as ações da gigante de Cupertino dispararem. Só nesta terça-feira (22/12), o valor da companhia subiu 2,85%.

De acordo com uma reportagem da Reuters, a empresa está com um projeto de desenvolver veículos elétricos nos próximos anos, mais especificamente até 2024. No dia em que saiu a matéria, segunda-feira (21/12), a Apple teve uma valorização de 1,2%.

publicidade

Curiosamente a Tesla, maior fabricante de carros elétricos atualmente, viu uma queda de 6% em suas ações ontem. Na terça, a companhia também fechou em baixa. Mesmo sem anunciar oficialmente, a Apple já criou uma disputa, pelo menos no ramo de investimentos, pelo mercado de veículo movidos a eletricidade.

O movimento foi tão forte que até Elon Musk, fundador da Tesla, usou seu Twitter para comentar a notícia. O bilionário disse que estranha o fato da Apple estar desenvolvendo carros elétricos, já que ele chegou a tentar oferecer a Tesla para a gigante de Cupertino por 10% de seu valor atual.

Rivalidade mesmo sem anúncio

De acordo com Musk, ele tentou marcar uma reunião com Tim Cook, CEO da Apple, quando a Tesla estava passando por dificuldades financeiras enquanto tentava desenvolver seu primeiro modelo. No entanto, ele disse que Cook não quis se encontrar com ele.

“Durante os dias mais sombrios do programa do Model 3, entrei em contato com Tim Cook para discutir a possibilidade de a Apple adquirir a Tesla (por 10% do nosso valor atual). Ele se recusou a realizar uma reunião”, explicou Musk, sem especificar em que ano isso aconteceu.

publicidade

Após o período de dificuldades, a Tesla se tornou a montadora de automóveis mais valiosa do mundo. A empresa hoje é avaliada em U$ 600 bilhões, bem a frente de Toyota e Volkswagen, companhias mais tradicionais que ocupam o segundo e terceiro lugar na lista.

Agora, segundo a matéria da Reuters, a Apple se interessou por esse mercado e pretende produzir carros elétricos com baterias de longa duração a partir de 2024. De acordo com o texto, a gigante tem Doug Field, que já trabalhou na Tesla, à frente do projeto, que segue em fase inicial.

Foto: Zhang/Pexels