Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

2020, sem dúvidas, foi um ano de transformações. A pandemia da Covid-19 colocou o mundo em isolamento social e, embora isso tenha sido péssimo para a economia de diversos setores, uma pesquisa realizada pelo IPC Maps aponta que houve crescimento de 5,5% nas telecomunicações.

Em relação ao ano passado, o setor apresentou incremento de R$ 7,2 bilhões, impulsionado pelo trabalho e estudo remotos, que levaram muitas empresas e famílias a trocarem ou adquirirem aparelhos eletrônicos, como notebooks, PCs, smartphones e tablets.

publicidade
Potencial de mercado

O levantamento da IPC Maps aponta que o potencial de consumo nas telecomunicações em 2020 é de R$ 139,2 bilhões. A título comparativo, para 2019 foram projetados R$ 131,9 bilhões, já considerando as despesas com a compra e manutenção de aparelhos de telefonias fixa e móvel, além de pacotes de TV, telefone e internet.

Apesar dos números positivos para o setor de telecomunicações, a consultoria aposta que a economia passará por retração, chegando ao mesmo patamar de 2012, com crescimento negativo de -5,39% em relação ao ano passado.

Novos hábitos

A pandemia transformou a rotina das famílias e a forma como consumimos informações e telecomunicações.

Os serviços de streaming nunca estiveram tão em alta! Assim como o universo game, que se tornou grande fonte de entretenimento durante o isolamento social.

publicidade

Um estudo conduzido pela consultoria Justmob, especializada em mobile marketing, e pela Unity, desenvolvedora de games, em parceria com a Brandwatch-Qriously, apontou que 65% dos internautas jogaram algum game no tablet ou celular no primeiro semestre deste ano.

Houve aumento de 44% no consumo de jogos, sendo que os games se tornaram a segunda opção mais consumida durante a pandemia (53%), perdendo apenas para as redes sociais (56%).

A conexão virtual – seja por meio do celular, seja pelo PC – foi a forma que encontramos para estar perto de quem amamos, mesmo geograficamente distantes; e de mantermos a mente ocupada enquanto o mundo segue um novo normal.

Foto: Julia M. Cameron/Pexels/CC