Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A data de lançamento do smartphone Xiaomi mi 11 foi anunciada para 29/12 e, a medida em que se aproxima, mais rumores vão surgindo. O rumor do momento, postado no Twitter pelo famoso leaker chinês Digital Chat Station,  revela que o Xiaomi Mi 11 não virá com uma tela extremamente curva nas bordas laterais.

Essa tela é chamada de tela em cascata ou, waterfall, em inglês. Outra informação é que também não terá furo centralizado na tela para a câmera frontal. Em resumo: será uma aparência frontal bem comum, com bordas ligeiramente curvas e um canto cortado como visto em uma renderização anterior.

publicidade
Uma tela formato cascata seria mesmo um diferencial?

A falta de uma tela curva dificilmente vai perturbar os potenciais compradores do Xiaomi Mi 11. Ele tem muito hardware de ponta embarcado. A empresa já confirmou que o Mi 11 será o primeiro flagship a ser lançado com o chipset Snapdragon 888 .

O telefone também deve vir com uma tela AMOLED de 6,7 polegadas com 120 Hz e resolução de 1440p. Isso é algo que nem mesmo os smartphones mais potentes da Samsung podem oferecer ainda.

Além disso, o Xiaomi Mi 11 também deve vir com um chip MEMC dedicado que pode, entre outras coisas, aprimorar o conteúdo SD para qualidade HD. Resumindo, esse chip pode elevar um conteúdo que foi gravado a 30 fps para 120 fps, de forma que possa sincronizar perfeitamente com a tela com taxa de atualização de 120 Hz e obter movimentos fluidos.

As coisas ficam ainda mais interessantes quando se fala das câmeras. Uma suposta folha de especificações do Xiaomi Mi 11 está circulando, afirmando que uma variante do telefone virá com uma câmera primária de 192 MP.

publicidade

O chipset Snapdragon 888 pode lidar com câmeras traseiras de até 200MP. No entanto, isso provavelmente ficará restrito ao Mi 11 Pro topo de linha. O Mi 11 básico pode obter um sensor Samsung ISOCELL HM3 Bright de 108MP.

Na parte de gerenciamento de energia, ele pode até hospedar a tecnologia de carregamento super rápido de 120W, tecnologia da própria Xiaomi que foi lançada esse ano com o Mi 10 Ultra. Portanto, será que uma tela em formato cascata faria tanta diferença na hora da compra? Deixe sua opinião nos comentários.

Via 91 Mobiles