Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

As microtransações em jogos de celular fizeram uma nova vítima: um menino de seis anos. Ou melhor, os pais dele: a criança gastou mais de US$ 16 mil (cerca de R$ 80 mil) em acessórios para a versão de Sonic Forces para Ipad. De acordo com a mãe do menino, a quantia não foi gasta de uma só vez, mas em diversas transações do app.

Jessica Wilton teve uma surpresa ao descobrir compras que somavam uma dinheirama na fatura do seu cartão de crédito. A americana conta que seu filho George aproveitou o período de férias de verão, entre julho e agosto, para jogar Sonic Forces. O game oferece um sistema de microtransações que possibilita ao usuário a compra de moedas virtuais que podem ser trocadas em itens, fases e personagens desbloqueáveis no game.

publicidade

Segundo uma apuração feita pelo New York Post, o menino teria feito compras de pacotes que vão de US$ 1,99 até US$ 99,99 com o cartão da mãe. A quantia gasta teria sido cobrada em diferentes faturas, o que levou Jéssica a pensar que se tratava de uma fraude no app.

Após entrar com uma ação de fraude contra a desenvolvedora do game, ela foi informada que as compras eram genuínas e que deveria entrar em contato com a Apple Store. A Apple se recusou a fazer o reembolso com a alegação que a mãe do menino não abriu um chamado de contestação no período de 60 dias após a transação do app. Em sua defesa, Jéssica também teria alegado que as compras “supostamente” seriam fraude.

De acordo com a Apple, jogos como Sonic Forces possuem uma configuração de controle parental e que todas as transações realizadas nos dispositivos Apple são informadas por meio da conta do iCloud.

A mãe do garoto, por sua vez, declara que não teria recebido nenhum aviso em seu e-mail. Pelo visto, o desfecho dessa história será na justiça. Sonic Forces é um jogo de corrida do Sonic disponível para Android e iOS. Lembre-se: há microtransações.

publicidade
Crianças + Apps = um perigo para a carteira

Crianças gastando dinheiro dos pais em aplicativos é algo muito comum na internet e a maioria das empresas possui uma política consideravelmente flexível para o assunto, na qual costumam realizar o reembolso e desativar o item comprado no aplicativo. O que teria complicado a situação de Jéssica com Sonic Forces, por sua vez, teria sido a demora em entrar com o pedido.

Ao contrário de Jéssica, o Brasil teve um caso semelhante em novembro, desta vez com o iFood.  Raysa Andrade, uma publicitária de Recife, tomou um susto ao sair do banho e descobrir que seu filho de apenas três anos havia feito uma compra de R$ 400,00.

De acordo a mãe do menino, em uma postagem no Instagram, a quantia foi gasta em lanches e brindes do McDonalds, feitas pelo recurso de comando de voz do app. Ao todo, Tom pediu seis promoções de hambúrguer, seis McLanches Feliz (com oito brinquedos extra), duas porções de nuggets (da grande, com 12 unidades cada), uma batata frita (grande com bacon e cheddar), dez milkshakes de chocolate, dois sundaes, duas tortinhas de maçã, dois McFlurry, oito garrafas d’água, um suco de uva e dois pacotes de molho extra.

Sem saber o que fazer, a mãe aceitou os pedidos e aproveitou para ter uma refeição caprichada com o garoto. Apesar disto, o menino ainda reclamou que não teria recebido o brinquedo que ele queria.

A publicação repercutiu com mais de 100 mil compartilhamentos e milhares de usuários marcando a empresa para enviar ao menino o brinde desejado.

Via: Apple Insider